Agora é oficial! Convenção confirma candidatura de Fernando Furtado a Deputado Estadual.

Foto de Rubenilson Lima

Fernando Furtado, é candidato a deputado estadual pelo PCdoB. O anúncio foi feito neste sábado (28), durante a convenção em São Luis, que confirmou as candidaturas do partido para as eleições de 2018.

Fernando Luiz Ribeiro Furtado é carioca de nascimento e veio para o Maranhão com apenas cinco anos de idade. Nascido no dia 19 de novembro de 1955, Fernando é filho mais velho de uma família de seis irmãos, e teve na sua mãe e no seu pai as primeiras referências do mundo da pesca. A matriarca, filha do Estado do Espírito Santo, viveu boa parte da sua juventude tirando ostras para sobreviver. Já o pai é maranhense, da região da Baixada, que transformou a pesca no seu meio de vida.

Com formação técnica em Ciência da Computação, pelo antigo Liceu Maranhense, Fernando Furtado exerceu também a função de técnico em eletricidade de alta e baixa tensão, e foi micro empresário no ramo da panificação, onde iniciou o seu envolvimento no movimento sindical. Católico, mas respeita as outras manifestações religiosas, Fernando é esposo de Guaracy e pai de três filhos, todos graduados e avô de 3 netos. Enquanto estudante de escolas públicas Fernando Furtado lutou na greve da meia-passagem em São Luís na década de 70. Neste mesmo período já se envolvia, junto ao seu pai, na criação da União de Moradores do bairro Retiro Natal em São Luís. A partir daí, o movimento sindical se tornou parte da sua vida. 

Recentemente,  Fernando Furtado ocupava o cargo de Diretor Estadual e Nacional da CTB – Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil e de Secretário Geral da FESPEMA – Federação dos Sindicatos dos Pescadores e Pescadores do Maranhão, ambos afastado para concorrer as eleições.

“Nós trazemos a palavra do homem do campo, com fé, firmeza e determinação de um povo que não se curva. E eu me proponho a trabalhar por uma região de um povo trabalhador. Fernando Furtado, pré-candidato a deputado estadual para lutar pelo Homem do campo”. Disse Fernando Furtado.

Deixe uma resposta