ALIADOS! Mesmo sobrando dinheiro, Luciano Genésio não paga os vereadores de Pinheiro

Segundo extrato publicado no Portal de Transparência, em janeiro de 2020 a prefeitura municipal de Pinheiro teve recurso sobrando no dia 10, R$ 242.000,00 e no dia 20 R$ 337.127,32 e mesmo assim com esse montante o prefeito Luciano Genésio(PP), não vem arcando com a suas responsabilidades, como é o caso do repasse para a Câmara de vereadores.

De acordo com a lei orçamentaria o Prefeito tem ate o dia 20 de cada mês para fazer o repasse e até hoje 22 de janeiro nada de dinheiro.

Agora fica a pergunta o que foi feito com a sobra desses recursos ?

O extrato publicado nega a versão do Prefeito Luciano Genésio, que sempre quando tem a oportunidade alega falta de recursos e conclui dizendo que Pinheiro passa por uma crise. Mas na VERDADE dinheiro está sobrando, o que falta mesmo no município é um prefeito.

 

ABSURDO! Jurídico de Palmeirândia manda o prefeito Jorge Garcia fechar o hospital do município.

Com um histórico de problemas e de má gestão, o Hospital de Palmeirândia, único hospital do município, corre risco de fechar as portas.

Alegando que as despesas com o hospital estão muito alta isso pode quebrar o município.

O prefeito Jorge Garcia, vem sendo considerado um dos piores prefeito do estado do Maranhão, há anos no poder, Palmeirândia não tem desenvolvimento nenhum. Uma cidade que parou no tempo pela consequência de uma administração desastrosa nas mãos dos Garcias.

Veja o que disse o Prefeito “Minha assessoria jurídica, já mandou fechar o hospital, não sei quantas vezes. Porque pode quebrar o município”. Disse Jorge Garcia.

INSEGURANÇA! Mais uma clínica é alvo de assaltantes em Pinheiro-MA

Mais um caso de assalto em clínica foi registrado em Pinheiro. A nova ocorrência se deu na CoifeOdonto na Rua Luis Domingues, no centro da cidade, por volta do meio dia desta terça-feira(21).

Segundo o que foi apurado, criminoso chegou ao estabelecimento em uma motocicleta Bros de cor vermelha sem placa, com uma arma de fogo em punho e anunciou o assalto.

Sob ameaça, pacientes e funcionários foram obrigados a entregar seus pertences, como aparelhos celulares, relógios e dinheiro.

A Polícia Militar foi acionada e realizou rondas, mas nenhum suspeito foi preso.

Tivemos a informação extra-oficial que o mesmo assaltante com as mesmas características já realizou 3 assaltos em Pinheiro somente nesta terça-feira.

Alguns meses tivemos o assalto na clinica do Dr Rui e ate o presente momento ninguém foi preso.

Em Pinheiro, um cadáver foi encontrado no povoado Pirinã na manhã desta segunda-feira(20).

Na manhã desta segunda-feira (20), um cadáver foi encontrado na piçarreira do povoado Pirinã em Pinheiro-MA

A vítima ainda não foi identificada e de acordo com as primeiras informações do 10º BPM (Batalhão da Polícia Militar), o homem tem varias tatuagens e até o momento nenhum familiar apareceu no Hospital para reconhecimento do mesmo.

Ainda não se sabe a causa da morte, mas suspeita-se que tenha sido um assassinato.

Voltamos a qualquer hora com mais informações.

De Palmeirândia e ex aluno do Colégio Pinheirense, Yuri Pinheiro fez 920 pontos na redação do Enem de 2019

Yuri Pinheiro, estudante do colégio Pinheirense na cidade de Pinheiro, oriundo da cidade de Palmeirândia-MA, fez 920 pontos na redação do Enem, cujo o tema solicitado no exame foi “Democratização do acesso ao cinema no Brasil”.

O jovem estudante concluiu o ensino médio no colégio Pinheirense no ano passado e pretende iniciar a faculdade Direito ainda em 2020.

Yuri é muito conhecido em Palmeirândia e sempre defendendo a cidade naquilo que ele acredita, como foi o caso do quadro. ” O Brasil que eu Quero” em abril de 2018 no fantástico na rede Globo. Lá estava Yuri, representando a sua cidade.

Já em 2019 Yuri Pinheiro, representou novamente sua cidade e toda região da baixada Maranhense, foi eleito presidente do Grêmio estudantil do CP(Colégio Pinheirense) e esteve na Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão.

Dois alunos de São João Batista fazem 940 pontos na redação do Enem 2019

As notas individuais do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 foram divulgadas nesta sexta-feira (17) por volta das 8h30 pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Dois alunos da cidade de São João Batista, Ailson e Cayo conseguiram 940 pontos na redação. O tema do ano passado foi ‘Democratização do acesso ao cinema no Brasil’.

Ônibus escolar pega fogo dentro de garagem na cidade de Penalva-MA

Um ônibus escolar pegou fogo dentro de uma garagem na cidade de Penalva por volta das 21 horas desta sexta-feira, 17. Fotos e vídeos que circulam em redes sociais, mostram o veículo totalmente em chamas.

Não se sabe a causa do incêndio, mas em um comunicado agora há pouco, a secretária de educação do município, Tânia Campos, disse que o veículo estava desligado e que um segundo ônibus também começou a pegar fogo, mas foi controlado por motoristas.

“Lamentavelmente, um ônibus da prefeitura foi totalmente consumido pelo fogo. Não sabemos a origem do incêndio. Se foi acidental, o fato é que o ônibus estava desligado na garagem, e quando o vigia deu por conta o mesmo estava pegando fogo”, comentou.

Amanhã será registrado um Boletim de Ocorrência para apurar as causas. Vejam o vídeo divulgado em redes sociais.

Prefeito de João Pessoa convida Leonardo Sá para ver modelo de administração pública de sucesso com mais de 80% de aprovação na Paraíba

O deputado estadual, Dr. Leonardo Sá (PL), teve o prazer de vivenciar o novo modelo de gestão em administração pública de sucesso no Estado da Paraíba, nesta sexta (17).

Seu primo e prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo Pires de Sá (PV), com mais de 80% de aprovação e reeleito em primeiro turno nas últimas eleições foi o anfitrião, na sede da prefeitura, desta agenda positiva, para tratar sobre os avanços tecnológicos em infraestrutura nos municípios.

Devido a sua experiência, Luciano Cartaxo vem ganhando não só credibilidade como gestor público, de uma das capitais mais bem estruturadas e eficientes do país (com destaque no “trade” turístico internacional), mas também comprovando que com boa vontade e planejamento é possível transformar o funcionamento de forma sustentável de uma cidade, em quatro anos e implementar novas ações durante à reeleição.

“Os recursos tecnológicos já estão bem avançados e para gerir uma cidade precisamos levar em consideração tempo, investimento e planejamento das ações. Mas acima de tudo o querer mudar a vida das pessoas para melhor. Assim, com garra e determinação podemos contribuir como gestor, para a qualidade de vida da população gerando emprego e renda”, afirmou o prefeito, Luciano Cartaxo.

Neste ano de 2020, o Dr. Leonardo Sá, a pedido da população pinheirense, disputará as eleições para a Prefeitura da cidade de Pinheiro-MA, na qual já foi vereador mais votado por duas vezes no munícipio, médico no Instituto Federal do Maranhão (IFMA), perito médico do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Atualmente deputado estadual maranhense e vice-secretário de saúde da União Nacional dos Legisladores e Legislativos (Unale).

Nesta viagem, aponta como uma agenda positiva em todos os sentidos. Além de poder contar com conselhos do primo prefeito, também pode ver de perto os avanços que a capital paraibana teve nos últimos anos para atender as necessidades do povo.

“Fico lisongeado de ter um primo político com conduta ética, além de homem visionário, que conseguiu em tão pouco tempo destacar-se como exemplo de gestão pública em uma capital na Região Nordeste do Brasil. É impressionante os índices de crescimento não só em novas tecnologias na infraestrutura da cidade, como também na qualidade de vida proporcionada aos pessoenses. E é em exemplos como este, que quero me ater, para levar ótimas propostas de uma nova gestão em nossa querida Pinheiro”, declarou o deputado, Leonardo Sá.

No momento participaram desta visita o ex-candidato a governador do Estado da Paraíba, Lucélio Cartaxo Pires de Sá; o bioquímico, Dr. Marcos Pires; os amigos Rodrigo e Estênio.

Todavia Pinheiro, conhecida como “Princesa da Baixada”, a principal cidade da região da Baixada Maranhense, poderá ter uma ótima gestão pública, com Leonardo Sá frente à administração do munícipio, já que lidera todas as pesquisas e tem o menor índice de rejeição para prefeito nas eleições de 2020.

Ascom-Deputado Estadual Dr. Leonardo Sá.

Fã do caminhão do lixo, menino de três anos se veste de gari e ajuda na coleta de casa no Maranhão

O que você lembra de quando tinha três anos de idade? Provavelmente flashes de uma festa de aniversário, um passeio ou um momento em família. Já o menino David, hoje com essa idade, tem tudo para lembrar de que nessa fase da vida tinha verdadeiro fascínio pela rotina dos coletores de lixo e que encantou todos que viam o brilho nos olhos ao ajudar o próprio bairro ficar mais limpo.

Ele mora com a mãe e o padrasto no bairro Parque Vitória, em São José de Ribamar, na Região Metropolitana de São Luís. Tímido, David ainda não sabe muito bem como expressar o gosto por essa profissão nem entende muito bem porque é tão paparicado por isso. Mas pela animação nas palavras soltas ao falar dos ‘amiguinhos’ (como chama os garis), apenas acha divertido e ponto.

“Tudo começou quando ele tinha dois anos. Toda vez que ele olhava um caminhão de lixo, queria parar para olhar. Se ele estivesse de bicicleta, no ônibus, no colo, ela fazia a gente parar para observar. Hoje, quando ele vê, fica naquela euforia e sempre chora quando o caminhão vai embora”, explica a mãe de David, Carla Oliveira, que trabalha como babá.

Como incentivo para que David continue admirando a profissão, ganhou um uniforme de coletor feito pela avó e até um aniversário temático. “Quando resolvi fazer o aniversário dele de ‘carro do lixo’, muita gente questionou. Mas ele gosta disso. Preferi fazer algo que ele se sentisse à vontade, do que fazer do meu jeito e ele não gostar”, conta a mãe.

O serviço de limpeza da região passa, diariamente, na rua da família às 8h30. O mesmo horário que David se veste à caráter para ajudar os garis a recolherem o lixo acumulado da rua. Sempre com a supervisão da mãe e o cuidado dos profissionais que se sentem homenageados pelo pequeno. “Nossa profissão é meio discriminada, mas espero que ele conheça mais [a ocupação] e seja feliz, honesto”, comentou um deles.

Nas horas vagas, David se diverte nos ensaios de Bumba-Meu-Boi que a família participa. A mãe diz que o menino adora ser o miolo do boi, mas nada que se compare à animação dele ao avistar o ‘caminhão do lixo’.

“Eu nunca desestimulei meu filho a gostar dos coletores. Quero que ele seja o que deixar ele feliz. Não tem profissão melhor que a outra. Um médico não é melhor que um gari, uma babá não é melhor, um advogado, um jornalista não é melhor que um coletor de lixo. Cada um faz a sua a parte”, lembra a mãe.

Ainda que falte muitos anos para David precisar escolher uma profissão, não são poucas as lições que, aos três anos recém-completados, o garoto ensina para os mais mais velhos. Se vai seguir, mesmo, essa carreira, o tempo dirá, mas com tantas fotos, vídeos e, agora, uma reportagem, vai ser difícil essa não ser uma das principais lembranças da infância de David no futuro.

Polícias Civil e Militar do Maranhão deixam de divulgar fotos e nomes de suspeitos presos

Desde o início do mês de janeiro, as polícias Civil e Militar do Maranhão pararam de divulgar nomes e fotos de suspeitos presos. A decisão visa cumprir o que determina a Lei de Abuso de Autoridade (nº 13.869/2019), que entrou em vigor no último dia 3 da janeiro, após 10 anos de debates no Congresso Nacional.

Em entrevista o delegado-geral adjunto da Polícia Civil do Maranhão, Márcio Araújo, afirmou que o órgão público tem que fazer o que a lei permite, portanto, todas as condutas tipificadas como crime na Lei nº 13.869/2019 estão vedadas. A não divulgação de fotos e nomes de suspeitos tem como base o art. 13 da nova lei, o qual aborda sobre a proibição de constranger o preso/detento à exibição pública. Segundo a lei, essa conduta pode ser caracterizada como violência, grave ameaça ou redução de capacidade de resistência.

“Conforme o art. 38 da Lei 13.869/2019 é crime ‘antecipar o responsável pelas investigações, por meio de comunicação, inclusive rede social, atribuição de culpa, antes de concluídas as apurações e formalizada a acusação’. Neste sentido, tal situação só seria permitida após a denúncia, segundo a doutrina”, explica o delegado-geral adjunto.

O delegado afirma que a Polícia Civil do Maranhão já discutiu e repassou as orientações internas quanto à referida legislação e irá publicar, internamente, uma recomendação a todos os integrantes do órgão, para que a lei seja obedecida. Mas, ele ressalta que a lei dificulta, em partes, o trabalho da polícia.

“Dificulta a partir do momento que ela restringe, durante a investigação, a comunicação pública com identificação civil e fotográfica de pessoas que poderiam estar atreladas a outros crimes ou até mesmo o reconhecimento pessoal por outras vítimas ou testemunhas”, declarou o delegado Márcio Araújo.

O  coronel Aritanã Lisboa, o qual é comandante do Comando de Policiamento de Área Metropolitana – 2 (CPAM 2). O coronel afirmou que a Lei de Abuso de Autoridade requer dos agentes púbicos mais cautela na prática de suas funções.

“A lei exige mais cuidado dos agentes públicos no exercício de funções, principalmente de juízes, promotores e policiais. Pois obriga tais agentes a ter mais cautela quando forem interferir diretamente na vida de terceiro, como, por exemplo, na decretação de medida de privação de liberdade, no caso específico de membros do Judiciário”, explica Aritanã Lisboa.

Ainda de acordo com o coronel, a Polícia Militar do Maranhão já atuava na formação do policial baseada na defesa da dignidade da pessoa humana. O que será mudado, a partir da nova lei, é sobre a divulgação de imagens e nomes dos presos.

“A Polícia Militar do Maranhão na formação do seu policial já aborda como principal pilar a defesa da dignidade da pessoa humana, bem como o respeito aos direitos humanos. Logo, poucas condutas serão mudadas, a principal delas será a não divulgação dos suspeitos presos em flagrante, que antes serviam para que a comunidade, quando vítima ou testemunha, reconhecesse e procurasse a autoridade policial, o que facilitava nas investigações e elucidações rápidas de crimes, porém após a vigência da lei, tais informações não mais poderão ser compartilhadas para que o policial não cometa o delito de abuso de autoridade, com a exposição do preso em flagrante, com seu juízo de culpa antecipada, além da exposição pública”, informou o comandante do CPAM 2.

Um policial militar, que preferiu não se identificar, declarou que a lei afeta negativamente as ações de segurança.

“Essa lei chegou para impactar diretamente nas ações da segurança pública, isso de forma negativa, pois priva o policial de alertar, prevenir e identificar para a população as ações de criminosos, tornando isso crime para nós, agentes de segurança pública”, declarou.

Outra policial militar, que também não quis se identificar, afirma que Lei de Abuso de Autoridade coloca o policial em uma situação complicada.

“Alguns termos da nova lei tem conceito genérico e cabíveis de interpretações o que retarda e até omite a ação do policial, pois ficamos em uma linha tênue entre omissão e ação. A Lei de Abuso de Autoridade dita uma nova postura das ações policiais diante da criminalidade, e, nessa conta, somatiza a inversão de valores e limitações de defender a sociedade daqueles que os atacam”.

Lei de abuso de autoridade

A Lei nº 13.869/2019 foi aprovada pelo Congresso Nacional no mês de agosto do ano passado e foi sancionada pelo presidente  Jair Bolsonaro (sem partido) em setembro. O texto define cerca de 30 situações que configuram o abuso, além das punições correspondentes à atuação de servidores e de integrantes dos Três Poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário), que podem ser considerados como abuso de autoridade, além de determinar a forma como vai ocorrer o processo penal, a responsabilização e os efeitos da condenação pelas infrações.