BOM JARDIM – Ex-prefeita é novamente condenada à prisão

Por decisão judicial publicada na terça-feira, 24, em julgamento de denúncia do Ministério Público do Maranhão, a ex-prefeita de Bom Jardim Lidiane Leite da Silva foi condenada a sete anos de reclusão, além de multa, por fraude em licitações e por crime de responsabilidade, referente à apropriação de rendas públicas de contratos celebrados mediante fraude, conduta descrita no Decreto-Lei nº 201/67. A pena inicialmente deverá ser cumprida em regime semiaberto.

Conforme a denúncia do promotor de justiça Fábio Santos de Oliveira, as licitações na modalidade Pregão Presencial n° 37/2013 e 27/2014 foram realizadas de forma fraudulenta, na época em que Lidiane Leite era a prefeita.

No mesmo processo, Humberto Dantas dos Santos (conhecido como Beto Rocha) também foi condenado a oito anos e três meses de reclusão e multa de 194 dias-multa, cada dia-multa no valor de dois salários mínimos vigentes ao tempo do fato. A pena deve ser cumprida inicialmente em regime fechado.

Foram condenados, ainda, os empresários Lindoracy Bezerra Costa e Jonas da Silva Araújo, a quatro anos e três meses de reclusão em regime semiaberto e 54 dias-multa, cada qual no valor de um salário mínimo vigente ao tempo do fato,

Também condenado no processo, por conduta inserida no Decreto-Lei nº 201/67, o empresário José Raimundo dos Santos, esposo de Lindoracy Costa, teve sua pena de dois anos de reclusão convertida em prestação pecuniária no valor de 30 salários mínimos para entidade pública ou privada com destinação social, a ser indicada pelo juiz da execução, além da limitação de fim de semana. Esta pena consiste na obrigação de permanecer, aos sábados e domingos, por cinco horas diárias, em casa de albergado ou outro estabelecimento adequado a critério do juízo da execução, durante o tempo da punição imposta (dois anos).

“A materialidade delitiva, que comprova a união de desígnios dos réus, encontra-se nas planilhas obtidas a partir do processo que decretou o afastamento do sigilo bancário e fiscal deles, demonstrando a intensa e ilegal movimentação bancária entre as contas do Município e dos referidos acusados, o que infirma qualquer alegação deles de que não teriam nenhuma relação entre si e que não teriam responsabilidades pelas fraudes e desvios realizados”, argumenta o titular da Promotoria de Bom Jardim.

LICITAÇÕES FRAUDADAS

Segundo a denúncia da Promotoria de Justiça de Bom Jardim, as licitações fraudadas, que tinham o objetivo de contratar merenda escolar para as escolas municipais de Bom Jardim. O pregão Presencial n° 37/2013 teve o valor contratado de R$ 670.476,40, em prol da empresa de Lindoracy Bezerra Costa, propriedade da ré de mesmo nome. Já o Pregão Presencial n° 27/2014, com valor de R$ 1.094.662,80, teve como vencedor a empresa J. DA S. ARAÚJO COMÉRCIO, do réu Jonas da Silva Araújo.

TESTEMUNHAS

De acordo com as testemunhas ouvidas durante as investigações, o material objeto do contrato nunca foi distribuído para as escolas municipais, ou foi feito de forma insuficiente. Servidor do Ministério Público e membro do Conselho Tutelar de Bom Jardim afirmaram que, durante inspeções nas unidades de ensino, foi observado que era comum as crianças serem dispensadas mais cedo para casa devido à falta da merenda escolar.

Ex-pregoeiro do município, Marcos Fae Ferreira declarou que os vencedores de todas as licitações do Município de Bom Jardim eram escolhidos por Beto Rocha e que os documentos dos processos licitatórios já eram entregues prontos para ele assinar. Por ter colaborado com as investigações, Marcos Fae recebeu o perdão judicial.

O ex-pregoeiro de Bom Jardim afirmou, ainda, que Beto lhe disse que quem ganharia a licitação para o fornecimento de merenda escolar era a empresa de Lindoracy, acrescentando que, no período em que o processo licitatório foi publicado, não havia comissão de licitação formada.

OS ACUSADOS

Na denúncia do Ministério Público, foram especificadas as participações de cada réu no esquema criminoso.

– HUMBERTO DANTAS – era o “prefeito de fato” do Município, conforme os depoimentos testemunhais, sendo ele o responsável por escolher os servidores do setor de licitação e de determinar o nome de quem seria a empresa vencedora dos certames;

– LIDIANE LEITE – era a prefeita do Município à época dos fatos, tendo conhecimento de todas as irregularidades cometidas na referida licitação, inclusive assinando os documentos necessários para transparecer a legalidade dos certames e agindo de forma a impedir qualquer tipo de fiscalização por parte de terceiros, conforme depoimentos de testemunhas;

– LINDORACY BEZERRA COSTA e JONAS DA SILVA ARAÚJO – eram os proprietários das empresas ganhadoras dos certames mencionados. Tinham total conhecimento de que tais licitações foram realizadas ilegalmente, em desrespeito às regras constantes na Lei de Licitações. Tinham contato direto com Humberto Dantas, desde a licitação fraudulenta para saírem vencedores, até a forma encontrada para dispersar o dinheiro desviado.

– JOSÉ RAIMUNDO DOS SANTOS – Após a empresa de sua esposa ter vencido a licitação pelo Pregão Presencial n° 37/2013, ele ficou responsável por realizar transferências, diretamente para a conta-corrente de Humberto Dantas, dos valores irregularmente recebidos pela empresa LINDORACY COSTA pelos serviços oriundos do referido contrato.

Presidente do Gedema acompanha montagem da decoração natalina da Alema

A presidente do Grupo de Esposas de Deputados do Maranhão (Gedema), Ana Paula Lobato, acompanhou, na tarde desta terça-feira (30), a instalação da decoração natalina na Assembleia Legislativa para acertar os últimos detalhes da ornamentação que propiciará luz e todo o encanto do Natal aos ambientes da Casa.

No hall de entrada, já estão sendo montados o tradicional presépio, a casinha do Papai Noel e a grande árvore de Natal

Ana Paula disse que sempre faz questão de acompanhar de perto a montagem feita pela equipe do Gedema. “Hoje, acertamos os últimos detalhes para finalizar a decoração natalina nas dependências do Parlamento. Amo esse período natalino, momento de confraternização e que ficamos mais próximos das nossas famílias”, frisou.

A presidente agradeceu à sua equipe pelo empenho. “Obrigada, especialmente, à equipe do Gedema, que não mede esforços e sempre prepara uma decoração linda e encantadora para os nossos servidores e visitantes”, acrescentou.Ana Paula Lobato estava licenciada do Gedema no período em que disputou as eleições em Pinheiro, como vice na chapa do prefeito Luciano Genésio, reeleito no pleito. “Já estava com saudades daqui e estou muito feliz por estar de volta”, concluiu.

 

Pinheiro se aproxima dos 3 mil casos confirmados de COVID-19

Cresce o número de casos confirmados de COVID-19 em Pinheiro-MA. Somente nas últimas 24 horas, foram confirmados mais 6 casos da doença.

Agora, segundo o boletim da Secretaria de Saúde divulgado nesta quinta (26), Pinheiro tem 2.962 casos da doença confirmados e 2.695 pacientes recuperados, além claro de 10.547 casos notificados, com 7.574 descartados.

Em Pinheiro os óbitos alcançaram 43 registros por COVID-19, sendo 28 no Hospital Macro Regional Dr. Jackson Lago, 14 no Antenor Abreu e 01 óbito na capital do Estado, São Luis.

Mulheres representam apenas 12% dos prefeitos eleitos no 1º turno das Eleições 2020

Apesar de representarem mais de 51,8% da população e mais de 52% do eleitorado brasileiro, as mulheres ainda são minoria na política. E os números das Eleições Municipais de 2020, levantados pela área de estatísticas do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), atualizados até esta terça-feira (24), mostram a baixa representatividade feminina na política do país.

Foram eleitas, neste ano, 651 prefeitas (12,1%), contra 4.750 prefeitos (87,9%). Já para as câmaras municipais, foram 9.196 vereadoras eleitas (16%), contra 48.265 vereadores (84%).

Em mensagem divulgada nas redes sociais nesta terça (24), o presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, reforçou que, nas Eleições 2020, houve um aumento no número total de mulheres eleitas no primeiro turno, com mais de 50% de candidatas ao cargo de prefeito e vice-prefeito no segundo turno.

“Mas também tivemos um aumento nos ataques físicos ou morais a mulheres candidatas. Esse tipo de agressão a mulheres é pior que machismo, é covardia. Precisamos de mais mulheres na política e, portanto, precisamos enfrentar essa cultura do atraso, da discriminação, do preconceito e da desqualificação”, destacou Barroso.

Dados

Proporcionalmente, a capital brasileira que possui mais mulheres eleitas para a câmara municipal é Porto Alegre (RS). Dos 36 eleitos, 11 são mulheres (30,6%) e 25 são homens (69,4%). Já a capital que possui menos vereadoras eleitas, também de forma proporcional, é João Pessoa (PB), com apenas uma mulher (3,70%), contra 26 homens (96,3%).

Para a análise final dos dados, ainda falta aguardar o resultado de 57 cidades em que os candidatos disputarão a Prefeitura no segundo turno, no dia 29 de novembro. No entanto, entre todos os municípios onde haverá nova votação, apenas 19 deles têm mulheres concorrendo ao cargo de prefeito: Porto Alegre (RS); Recife (PE); Aracaju (SE); Rio Branco (AC); Porto Velho (RO); Bauru (SP); Cariacica (ES); Contagem (MG); Franca (SP); Juiz de Fora (MG); Pelotas (RS); Ponta Grossa (PR); Praia Grande (SP); Ribeirão Preto (SP); Santarém (PA); São Vicente (SP); Sorocaba (SP); Taubaté (SP) e Uberaba (MG).

Ponta Grossa, no Paraná, é a única cidade em que a disputa está entre duas mulheres: Mabel Canto (PSC) e Professora Elizabeth (PSD).

Nome social

De acordo com os dados estatísticos disponíveis no Portal do TSE, 171 pessoas se candidataram com nome social para o pleito deste ano. Esta foi a primeira vez que candidatos aos cargos de prefeito e vereador puderam ser identificados dessa forma.

Do total, 140 (81,87%) se identificaram como sendo do gênero feminino, enquanto os outros 31 (18,13%) se declararam do gênero masculino. Todos eles se candidataram ao cargo de vereador. Foram três eleitos, nas cidades de Batatais (SP), Araraquara (SP) e Eldorado dos Carajás (PA); 105 ficaram como suplentes.

Confira, na tabela abaixo, os dados sobre a composição das câmaras municipais e prefeituras de todas as capitais do país:

Aracaju (SE)

24 vereadores: 4 mulheres (16,7%) e 20 homens (83,3%)

A vereadora mais votada foi Linda Brasil (PSOL), com 5.773 votos, primeira mulher trans a ocupar uma cadeira na Casa.

Prefeitura será definida no segundo turno. Disputa será decidida entre Edvaldo Nogueira (PDT) e Delegada Danielle (Cidadania).

Belém (PA)

35 vereadores: 6 mulheres (17,1%) e 29 homens (82,9%)

Prefeitura será definida no segundo turno. Disputa será decidida entre Edmilson Rodrigues (PSOL) e Delegado Federal Eguchi (Patriota).

Belo Horizonte (MG)

41 vereadores: 11 mulheres (25,5%) e 30 homens (74,4%)

Prefeito eleito: Alexandre Kalil (PSD). Vice: Fuad Noman Filho (PSD)

Boa vista (RR)

23 vereadores: 4 mulheres (17,4) e 19 homens (82,6%)

Prefeitura será definida no segundo turno. Disputa será decidida entre Arthur Henrique (MDB) e Ottaci (PSB).

Campo Grande (MS)

29 vereadores: 2 mulheres (6,9%) e 27 homens (93,1%)

Prefeito eleito: Marquinhos Trad (PSD). Vice: Adriane Lopes (Patriota).

Cuiabá (MT)

25 vereadores: 2 mulheres (8%) e 23 homens (92%)

Prefeitura será definida no segundo turno. Disputa será decidida entre Abílio (Podemos) e Emanuel Pinheiro (MDB).

Curitiba (PR)

38 vereadores: 8 mulheres (21,1%) e 30 homens (78,9%)

Prefeito eleito: Rafael Greca (DEM). Vice: Eduardo Pimentel (PSD)

Florianópolis (SC)

23 vereadores: 5 mulheres (21,7%) e 18 homens (78,3%)

Prefeito eleito: Gean Loureiro (PMDB). Vice: João Batista (PSDB).

Fortaleza (CE)

43 vereadores: 9 mulheres (20,9%) e 34 homens (79,1%)

Prefeitura será definida no segundo turno. Disputa será decidida entre Sarto (PDT) e Capitão Wagner (Pros).

Goiânia (GO)

35 vereadores: 5 mulheres (14,3%) 30 homens (85,7%)

Prefeitura será definida no segundo turno. Disputa será decidida entre Maguito Vilela (MDB) e Vanderlan Cardoso (PSD).

João Pessoa (PB)

27 vereadores: 1 mulher (3,70%) e 26 homens (96,3%)

Prefeitura será definida no segundo turno. Disputa será decidida entre Cícero Lucena, (PP) e Nilvan Ferreira (MDB).

Maceió (AL)

25 vereadores: 4 mulheres (16%) e 21 homens (84%)

Prefeitura será definida no segundo turno. Disputa será decidida entre Alfredo Gaspar (MDB) e JHC (PSB).

Manaus (AM)

41 vereadores: 4 mulheres (9,76%) e 37 homens (90,2%)

Prefeitura será definida no segundo turno. Disputa será decidida entre Amazonino Mendes (Pode) e David Almeida (Avante).

Natal (RN)

29 vereadores: 7 mulheres (24,1%) e 22 homens (75,9%)

Prefeito eleito: Álvaro Dias (PSDB). Vice: Aíla Cortez (PDT).

Palmas (TO)

19 vereadores: 4 mulheres (21,1%) e 15 homens (78,9%)

Prefeita eleita: Cinthia Ribeiro (PSDB). Vice: André Gomes (Avante).

Porto Alegre (RS)

36 vereadores: 11 mulheres (30,6%) e 25 homens (69,4%)

Karen Santos foi a vereadora com mais votos (15.702)

Prefeitura será definida no segundo turno. Disputa será decidida entre Sebastião Melo (MDB) e Manuela D’Ávila (PCdoB)

Porto Velho (RO)

21 vereadores: 2 mulheres (9,52%) e 19 homens (90,5%)

Prefeitura será definida no segundo turno. Disputa será decidida entre Hildon Chaves (PSDB) e Cristiane Lopes (PP).

Recife (PE)

39 vereadores: 7 mulheres (17,9%) e 32 homens (82,1%)

Prefeitura será definida no segundo turno. Disputa será decidida entre João Campos (PSB) e Marília Arraes (PT).

Rio Branco (AC)

17 vereadores: 2 mulheres (11,8%) e 15 homens (88,2%)

Prefeitura será definida no segundo turno. Disputa será decidida entre Tião Bocalon (PP) e Socorro Neri (PSB)

Rio de Janeiro (RJ)

51 vereadores: 10 mulheres (19,6%) e 41 homens (80,4%)

Prefeitura será definida no segundo turno. Disputa será decidida entre Eduardo Paes (DEM) e Marcelo Crivella (Republicanos).

Salvador (BA)

43 vereadores: 9 mulheres (22,2%) e 34 homens (77,8%)

Prefeito eleito: Bruno Reis (DEM). Vice: Ana Paula Matos (PDT).

São Luís (MA)

31 vereadores: 5 mulheres (16,1%) e 26 homens (83,9%)

Prefeitura será definida no segundo turno. Disputa será decidida entre Eduardo Braide (Podemos) e Duarte Júnior (Republicanos).

São Paulo (SP)

55 vereadores: 13 mulheres (23,6%) e 42 (76,4%)

Prefeitura será definida no segundo turno. Disputa será decidida entre Bruno Covas (PSDB) e Guilherme Boulos (PSOL).

Teresina (PI)

29 vereadores: 5 mulheres (17,2%) e 24 homens (82,8%)

Prefeitura será definida no segundo turno. Disputa será decidida entre Dr. Pessoa (MDB) e Kleber Montezuma (PSDB).

Vitória (ES)

15 vereadores: 2 mulheres (13,3%) e 13 homens (86,7%)

Prefeitura será definida no segundo turno. Disputa será decidida entre Delegado Pazolini (Republicanos) e João Coser (PT).

Othelino Neto parabeniza deputados que disputaram as eleições municipais

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), parabenizou, durante a sessão plenária desta terça-feira (24), os colegas deputados estaduais que disputaram as eleições municipais deste ano. Para o parlamentar, vitoriosos ou não, todos merecem reconhecimento por seus esforços e suas mensagens deixadas aos eleitores.

“Eleição é assim: alguém ganha e outros têm que perder. Então, aqueles que participaram, todos os colegas que disputaram a eleição, merecem nossos parabéns. Evidentemente, os que venceram e, claro, também aqueles que não obtiveram o resultado almejado, mas cumpriram com seu desejo, com o seu papel, semeando aqui para colher mais na frente”, ressaltou Othelino.

Ao deputado Rigo Teles (PL), Othelino Neto desejou sucesso na missão à frente da Prefeitura de Barra do Corda. “Sei que sentirá saudade da convivência na Assembleia. Afinal de contas, foram seis mandatos, mas, certamente, a próxima missão é uma das mais importantes que Vossa Excelência saberá cumprir com a devida responsabilidade e o cuidado que a função merece. Parabéns pela vitória!”, congratulou-o.

No mesmo sentido, o presidente do Parlamento maranhense referiu-se ao deputado Felipe dos Pneus, prefeito eleito em Santa Inês. “Desejo muito sucesso nessa importante missão, que é governar uma cidade da importância da cidade de Santa Inês. Que Vossa Excelência exerça com muita competência o governo”, disse.

Competência

Othelino Neto parabenizou, também, o deputado Fernando Pessoa, que saiu vitorioso nas eleições em Tuntum. “Parabéns pela eleição e que Vossa Excelência trabalhe com a mesma competência que exerce o mandato de deputado estadual. Seja feliz e conte com o nosso apoio e colaboração”.

Em seguida, o presidente da Alema cumprimentou a deputada Socorro Waquim, que disputou a Prefeitura em Timon, mas não obteve vitória no pleito. “Parabenizo pela campanha limpa e propositiva que fez. Não conquistou o mandato de prefeita, mas, agora, voltará à Assembleia Legislativa e, certamente, exercerá com muita competência o mandato de deputada estadual. Seja muito bem-vinda de volta”, frisou.

Por fim, Othelino Neto fez referência à reeleição do prefeito Luciano Genésio em Pinheiro, marido da deputada estadual Thaíza Hortegal, que disputou o pleito tendo como companheira de chapa Ana Paula Lobato, esposa do parlamentar. “Fizeram uma bela campanha e obtiveram a vitória. Parabéns, deputada, pela reeleição de Luciano, pelo trabalho que vem sendo feito à frente da Prefeitura de Pinheiro”, concluiu.

Após Recomendação do Ministério Público, salário atrasado de servidores é efetuado em São Vicente Ferrer – MA

Atendendo a Recomendação do Ministério Público do Maranhão, a Prefeitura de São Vicente Ferrer informou, na última segunda-feira, 16, que o município efetuou o pagamento dos vencimentos atrasados dos servidores públicos municipais. A solicitação, expedida no dia 11 de novembro pela promotora de justiça Laura Amélia Barbosa, foi realizada após o recebimento de várias denúncias informando a promotoria sobre a falta de pagamento aos funcionários da prefeitura.

A informação sobre a efetuação dos salários foi enviada à promotora de justiça pela prefeita de São Vicente Ferrer, Conceição de Maria Pereira Castro. A gestora municipal também encaminhou à promotoria cópias das folhas de pagamento.

Na manifestação ministerial, Laura Amélia destacou que o município recebe verbas do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais de Educação (Fundeb), do Fundo Municipal de Saúde, e outros recursos públicos.

Léo Lobato agradece votos e parabeniza o prefeito Luciano Genésio em Pinheiro – MA

O candidato Léo Lobato (PDT) utilizou as redes sociais para agradecer aos votos recebidos e também para parabenizar os candidatos eleitos ao Legislativo e Executivo.

Em sua fala, Léo Lobato parabenizou o prefeito reeleito e, também, os eleitos ao Legislativo nas eleições municipais de 2020.

“Quero aqui agradecer os 609 votos obtidos, quero também parabenizar o prefeito Luciano Genésio pela sua grande vitoria. E parabenizar os vereadores eleitos, que eles possam fazer valer a pena os votos obtidos nestas eleições. Nossa trabalho apenas começou, vamos continuar, forte abraço do amigo Léo Lobato”. disse Léo em sua rede social.

Muito obrigado Pinheiro pelos 609 votos.

https://www.instagram.com/p/CHp02tppR_H/?igshid=39qfnmvnzkrb

ELEIÇÕES 2020! Pinheiro reelegeu 60% dos atuais vereadores na Câmara

A Câmara de Vereadores de Pinheiro terá uma renovação de 40%. A maioria (60%) dos atuais vereadores foi reeleito para mais quatro anos de mandato. Ao todo, serão 8 novos vereadores. Veja a lista, por ordem de votação:

Vale ressaltar que, no mandato de 2016 à 2020 o legislativo era composto por 15 vereadores, para o próximo mandato, em 2021 à 2024 passar a ser 17 vereadores.

Vereadores reeleitos:

  • 1. Elizeu de Tantan (PP) – 1.727 votos
  • 4. Lucas do Beiradão (PP) – 1.287 votos
  • 5. Rubemar Ribeiro (PDT) – 1.246 votos
  • 6. Albininho (PP) – 1.203 votos
  • 8. Edinildo (PDT) – 1.085 votos
  • 10. Sandro Lima (PDT) – 963 votos
  • 13. Alessandro de Pacas (PP) – 885 votos
  • 16. Guto (PL) – 489 votos
  • 17. Riba do Bom Viver (PL) – 467 votos

Vereadores eleitos:

  • 2.  Fabricia do Sindicato (PDT) – 1.584 votos
  • 3.  Zé Filho (PDT) – 1.556 votos
  • 7.  Edmilson Silva  (PDT) – 1.094 votos
  • 9. Willian Vieira da TV (PP) – 994 votos
  • 11. Selma da Colonia (PP) – 954 votos
  • 12. Herasmo Leite (PDT) – 885 votos
  • 14. Felipe de Chicão (MDB) – 763 votos
  • 15. Jaelson Araújo (PL) – 656 votos

Apesar de um número ainda pequeno, a bancada feminina será representada por duas mulheres, na atual legislatura não temos nenhuma mulher. Neste ano, o número subiu para 2. São elas:

  • Fabricia do Sindicato (PDT)
  • Selma da Colonia  (PP)

Lembrando que as duas chegaram assumir uma cadeira por alguns meses, já que as duas ficaram na suplência. Mas desta vez foram eleitas para o mandato de quatro anos.

ELEIÇÕES 2020! Candidatos de 57 cidades disputarão prefeitura no 2º turno

Eleitores de 18 capitais brasileiras vão definir prefeitos e vice-prefeitos apenas no segundo turno das Eleições Municipais 2020, que ocorrerá no dia 29 de novembro. Além dessas capitais, outras 39 cidades levaram a disputa da Prefeitura para o segundo turno, totalizando 57 cidades.

A região Nordeste é que tem a maior quantidade de capitais (sete) que ainda não definiram o chefe do Executivo: Maceió, Fortaleza, São Luís, João Pessoa, Recife, Teresina e Aracaju. Na sequência, vem a Região Norte, com cinco capitais no segundo turno: Rio Branco, Manaus, Belém, Porto Velho e Boa Vista.

Os eleitores de Vitória (ES), Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo (SP) também terão de comparecer às urnas no próximo dia 29.

Cuiabá (MT) e Goiânia (GO) são as duas únicas capitais no Centro-Oeste brasileiro a disputar o segundo turno das eleições. No Sul, apenas Porto Alegre (RS) terá disputa no último domingo do mês.

Os candidatos

Acompanhe abaixo quem são os candidatos ao segundo turno das eleições em cada uma das 18 capitais:

Em Vitória (ES), Delegado Pazolini (Republicanos) e João Coser (PT) disputarão 2º turno para a Prefeitura. Pazolini obteve 53.014 votos (30,95% dos votos válidos), contra 37.373 (21,82%) votos recebidos por Coser.

Em Recife (PE), João Campos e Marília Arraes vão 2º turno. Com 100% dos votos totalizados, João Campos obteve 233.028 votos (29,17% dos votos válidos), contra 223.248 (27,95%) votos recebidos por Marília Arraes.

Já em João Pessoa (PB), Cícero Lucena e Nilvan Ferreira disputarão a prefeitura da capita paraibana no dia 29 de novembro. Cícero Lucena recebeu 75.610 votos, o que representa 20,72% dos votos válidos, contra 60.615 votos (16,61%) recebidos por Nilvan Ferreira.

Na capital paraense, Edmilson Rodrigues (PSOL), que obteve 248.751 votos (34,22% dos votos válidos), e Delegado Federal Eguchi (Patriota), que recebeu 167.599 (23,06%), disputarão 2º turno para a Prefeitura.

Em Aracaju (SE), Edvaldo (PDT) e Delegada Danielle (Cidadania) concorrerão ao 2º turno. A apuração dos votos na capital sergipana foi concluída às 22h41. Edvaldo Nogueira teve 119.681 votos válidos (45,57%) contra 55.973 votos (21,31%) recebidos pela candidata Delegada Danielle.

Já em Fortaleza, capital cearense, Sarto (PDT) e Capitão Wagner (Pros) disputarão 2º turno. Sarto obteve 457.622 votos (35,72% dos votos válidos), contra 426.803 votos (33,32%) recebidos por Wagner.

Goiânia, capital de Goiás, terá segundo turno entre Maguito Vilela, do MDB, e Vanderlan Cardoso, do PSD. Com 100% das seções totalizadas, às 22h21, Maguito Vilela havia conseguido 36,02% dos votos válidos, correspondente a 217.194 votos, contra 148.739 votos (24,67%) recebidos por Vanderlan Cardoso.

Em Porto Alegre (RS), Sebastião Melo (MDB) e Manuela D’Ávila (PC do B) vão para o 2º turno. Sebastião Melo obteve 200.280 votos (31,01% dos votos válidos), contra 187.262 (29%) votos recebidos pela candidata Manuela D’Ávila.

Em São Luís (MA), os candidatos Eduardo Braide (Podemos) e Duarte Júnior (Republicanos) vão definir o segundo turno, no próximo dia 29 de novembro. Com 100% dos votos totalizados, Eduardo obteve 193.578 votos (37,81% dos votos válidos), contra 113.430 (22,15%) votos recebidos por Duarte Júnior.

A capital de Roraima, Boa Vista, também terá disputa no último domingo do mês. Arthur Henrique (MDB), que obteve 78.425 votos (49,64% dos votos válidos), e Ottaci (PSB), que recebeu 16.735 (10,59%) dos votos concorrerão à prefeitura.

Em Teresina (PI), Dr. Pessoa (MDB) e Kleber Montezuma (PSDB) disputarão 2º turno. Com 100 % das seções totalizadas, às 22h07 deste domingo (15), Dr. Pessoa obteve 142.769 votos (34,53% dos votos válidos), contra 110.395 votos (26,70%) recebidos por Montezuma.

A prefeitura de Rio Branco, no Acre, terá o novo prefeito conhecido apenas no dia 29 de novembro. Tião Bocalon (PP) e Socorro Neri (PSB) disputarão 2º turno. O candidato do PP foi o mais votado e contabilizou 87.987 votos (49,58% dos votos válidos), contra 40.250 (22,68%) votos recebidos pela segunda colocada Socorro Neri.

Já em Cuiabá (MT), Abílio (Podemos) e Emanuel Pinheiro (MDB) são os candidatos que foram para o 2º turno. Com 100% dos votos totalizados, Abílio obteve 90.631 votos (33,72% dos votos válidos), contra 82.367 (30,64%) votos recebidos por Emanuel Pinheiro.

Hildon Chaves (PSDB) e Cristiane Lopes (PP) disputarão o 2º turno para a Prefeitura de Porto Velho (RO). O candidato Hildon Chaves (PSDB) recebeu 34,01% dos votos (74.728) contra 14,32% dos votos recebidos pela candidata Cristiane Lopes (PP), com um total de 31.461 votos.

Em Manaus (AM), Amazonino Mendes (Pode) e David Almeida (Avante) também foram para o 2º turno. Mendes obteve 234.088 votos (23,91% dos votos válidos), contra 218.929 (22,36%) votos recebidos por Almeida.

Na capital fluminense, Eduardo Paes (DEM) e Marcelo Crivella (Republicanos) disputarão 2º turno. Os eleitores da cidade do Rio de Janeiro (RJ) voltarão às urnas no próximo dia 29 de novembro para eleger seu novo prefeito em segundo turno. Paes obteve 974.804 votos (37,01% dos votos válidos), contra 576.825 (21,90%) votos recebidos por Crivella.]

Na capital paulista, Bruno Covas (PSDB) e Guilherme Boulos (PSOL) disputarão 2º turno. Com 99,92% das seções totalizadas, à 0h20 desta segunda (16), Covas havia obtido 1.752.949 votos (32,86% dos votos válidos), contra 1.079.924 (20,24%) votos recebidos por Boulos.

Maceió (AL) terá a disputa para a prefeitura definida no segundo turno entre os candidatos Alfredo Gaspar de Mendonça (MDB) e JHC (PSB). Gaspar obteve 110.234 votos válidos (28,87%) contra 109.053 (28,56%) do segundo colocado.

Veja os candidatos das 39 cidades que também terão segundo turno:

 

  • Anápolis (GO): Roberto Naves (PP) e Antonio Gomide (PT) vão disputar o 2º turno.
  • Bauru (SP): Suéllen Rosim (Patriota) e Dr Raul (DEM) disputam o 2º turno das eleições.
  • Blumenau (SC): Mário Hildebrandt (PODE) e João Paulo Kleinübing (DEM) disputam o 2º turno.
  • Campinas (SP): Dário Saadi, do Republicanos, e Rafa Zimbaldi, do PL, vão disputar o 2º turno.
  • Campos dos Goytacazes (RJ): Wladimir Garotinho, do PSD (sub judice), e Caio Vianna, do PDT, devem disputar o 2º turno.
  • Canoas (RS): Jairo Jorge, do PSD, e Luiz Carlos Busato, do PTB, vão disputar o 2º turno.
  • Cariacica (ES): Euclério Sampaio (DEM) e Célia Tavares (PT) vão disputar o 2º turno.
  • Caucaia (CE): Naumi Amorim (PSD) e Vitor Valim (Pros) vão disputar o 2º turno.
  • Caxias do Sul (RS): Pepe Vargas, do PT, e Adiló, do PSDB, vão disputar o 2º turno.
  • Contagem (MG): Marília (PT) e Felipe Saliba (DEM) vão disputar o 2º turno.
  • Diadema (SP): Filippi (PT) e Taka Yamauchi (PSD) vão disputar o 2º turno.
  • Feira de Santana (BA): Zé Neto (PT) e Colbert Martins (MDB) vão disputar o 2º turno.
  • Franca (SP): Flávia Lancha, do PSD, e Alexandre Ferreira, do MDB, vão disputar o 2º turno.
  • Governador Valadares (MG): André Merlo (PSDB) e Dr Luciano (PSC) vão disputar o 2º turno.
  • Guarulhos (SP): Guti, do PSD, e Elói Pietá, do PT, vão disputar o 2º turno.
  • Joinville (SC): Darci de Matos (PSD) e Adriano Silva (NOVO) vão disputar o 2º turno.
  • Juiz de Fora (MG): Margarida Salomão, do PT, e Wilson Rezato, do PSB, vão disputar o 2° turno.
  • Limeira (SP): Mario Botion (PSD) e Murilo Félix (Podemos) vão disputar o 2º turno.
  • Mauá (SP): Átila Jacomussi (PSB) e Marcelo Oliveira (PT) vão disputar o 2º turno.
  • Mogi das Cruzes (SP): Marcus Melo (PSDB) e Caio Cunha (PODE) vão para o 2º turno.
  • Paulista (PE): Yves Ribeiro (MDB) e Francisco Padilha (PSB) vão disputar o 2º turno.
  • Pelotas (RS): Paula Mascarenhas, do PSDB, e Ivan Duarte, do PT, vão disputar o 2º turno.
  • Petrópolis (RJ): Rubens Bomtempo (PSB) e Bernardo Rossi (PL) vão disputar o 2º turno.
  • Piracicaba (SP): Barjas Negri, do PSDB, e Luciano Almeida, do DEM, vão disputar o 2º turno.
  • Ponta Grossa (PR): Mabel Canto, do PSC, e Professora Elizabeth, do PSD, vão disputar o 2º turno.
  • Praia Grande (SP): Raquel Chini (PSDB) e Danilo Morgado (PSL) disputam o 2º turno.
  • Ribeirão Preto (SP): Duarte Nogueira, do PSDB, e Suely Vilela, do PSB, vão disputar o 2º turno.
  • Santa Maria (RS): Sergio Cecchim, do PP, e Pozzobom, do PSDB, vão disputar o 2º turno.
  • Santarém (PA): o atual prefeito, Nélio Aguiar (DEM), vai disputar o 2º turno com a ex-prefeita Maria do Carmo (PT).
  • São Gonçalo (RJ): Dimas Gadelha, do PT, e Capitão Nelson, do Avante, vão disputar o 2º turno.
  • São João de Meriti (RJ): Dr João, do DEM, e Leo Vieira, do PSC, vão disputar o 2º turno.
  • São Vicente (SP): Solange Freitas (PSDB) e Kayo Amado (PODE) disputam o 2º turno.
  • Serra (ES): Sergio Vidigal (PDT) e Fabio Duarte (Rede) vão disputar o 2º turno.
  • Sorocaba (SP): Rodrigo Manga (Republicanos) e Jaqueline Coutinho (PSL) disputam 2º turno.
  • Taboão da Serra (SP): Engenheiro Daniel (PSDB) e Aprigio (PODE) vão disputar o 2º turno.
  • Taubaté (SP): Saud, do MDB, e Loreny, do Cidadania, vão disputar o 2° turno.
  • Uberaba (MG): Elisa Araújo, do Solidariedade, e Tony Carlos, do PTB, vão disputar o 2º turno.
  • Vila Velha (ES): Arnadinho Borgo (Podemos) e Max Filho (PSDB) vão disputar o 2º turno.
  • Vitória da Conquista (BA): Zé Raimundo (PT) e Herzem Gusmão (MDB) vão disputar o 2º turno.

ELEIÇÕES 2020! Campanha entra na reta final polarizada entre Luciano Genésio e Filuca Mendes

Poucos dias separam os Pinheirenses da urna. O cenário já parece indicar quem serão os candidatos à Prefeitura que devem disputar estas eleições. Filuca Mendes (MDB) e Luciano Genésio (PP), que concorre a reeleição.

No início do ano, esse cenário foi raramente considerado em previsões. Mas esta acabou sendo uma campanha marcada pela refutação de vários exercícios de futurologia.

A candidatura de Filuca Mendes até agora não deu sinais de desidratação, apesar de sua estrutura de campanha, pequena em comparação ao principal rival, e de sua rejeição recorde, especialmente na sede do município de Pinheiro. Seu eleitorado segue como o mais consolidado entre todos os candidatos.

Luciano Genésio (PP) aparece com quase 60% das intenções no levantamento estimulado. Já Filuca Mendes vem registrando crescimento constante.

A uma parcela grande que ainda está indecisa ou pretende votar em branco ou nulo. Reta final de campanha e é pensando nesse público que cada candidato vai trabalhar para conquistar esse eleitorado e sair vitorioso.

A população vai ter a oportunidade de comparar, quem trabalhou mais ou quem fez por menos.