Comigo é dito e feito! Não obedeceu o contrato perdeu, impõe Luciano Genésio aos vereadores.

Os vereadores, Riba do Bom Viver (PDT), Capadinho (PMDB) e Ednildo (PCdoB), que periodicamente fazem aquela visita para tomar café e já declararam apoio ao Pré-candidato a deputado estadual, Leonardo Sá, estão sendo punidos pelo prefeito de Pinheiro, Luciano Genésio.

Mesmo com uma gama de contratos, carro alugado, indicação de uma subsecretário e um suposto  “mesalinho”, os edis afirmavam que não vão fazer o ” T ” e que não tenham nenhum compromisso com a Primeira Dama do município de Pinheiro, Thaysa Hortegal, que também é Pré-candidata a deputada estadual.

Nesta sexta-feira (06) o prefeito da cidade, Luciano Genésio, começou a cortar as regalias dos Edis,  mostrando que manda quem pode e obedece quem tem acordos como prefeito.

Servidores temporários indicados pelos referidos vereadores, começaram receber cartas de demissão. Diretores de escolas, diretores adjuntos, professores, vigias, ASGs, etc. Pessoas ligadas ao prefeito afirmam que não vai ficar ninguém pra contar a construção de uma nova historia..

A queda de braços entre o prefeito e vereadores, pode refletir na formação da Câmara Municipal de Pinheiro, e os três Edis podem engrossar o caldo da oposição no legislativo local.

Vamos ver se os vereadores vão ceder ou continuar firme no apoio ao Dr Leonardo Sá.

Deixe uma resposta