O Presidente do Brasil Jair Messias Bolsonaro visitará São Luis, Alcântara e Rosário em Agosto.

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) fará no mês de agosto sua primeira visita a São Luís, desde a posse, para inaugurar as obras de requalificação da Rua Grande e anunciar intervenções para recuperar parte do Centro Histórico. O anúncio foi feito nesta segunda-feira (15) pela presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Kátia Bogéa, após assinatura de convênio com a Vale e a Prefeitura de São Luís para reforma da Praça João Lisboa, Lago do Carmo e Rua Nazaré e a construção da Praça das Mercês, no bairro do Desterro, ao lado do Convento das Mercês.

Segundo a presidente da Iphan, além de São Luís, Bolsonaro visitará as cidades de Rosário e de Alcântara. Na primeira, entregará a obra do Complexo Ferroviário (antiga estação de trem), recuperado pelo governo federal, e entregará 500 moradias construídas pelo programa Minha Casa, Minha Vida. Na segunda, fará uma visita ao Centro de Lançamento, que será cedido para exploração comercial pelos Estados Unidos, cuja parceria foi assinada com o presidente norte-americano, Donald Trump.

Kátia Bogéa não soube precisar quando será a visita do presidente, mas tudo indica que será na última semana de agosto, para que o anúncio das obras que o Iphan conveniou com a Vale e a Prefeitura coincida com a aproximação do aniversário de São Luís, dia 08 de setembro. “Será um grande presente para a cidade”, disse ela, referindo-se tanto à conclusão da Rua Grande quanto às novas intervenções que vão melhorar significativamente a área tombada da cidade.

Ainda não está confirmado, mas tudo indica que o presidente aproveitará sua estada no Maranhão para inspecionar a obra de duplicação da BR 135, cujos trabalhos vão ser continuados pelo Exército Brasileiro, por meio do Batalhão de Engenharia de Construção (BEC), bem como do prolongamento da Avenida Litorânea, em São Luís, até o bairro do Olho d´Água, que vem sendo executado com recursos da União, por meio da Caixa Econômica Federal.

Quem está cuidando da agenda do presidente é o senador Roberto Rocha (PSDB) e o deputado federal João Marcelo (MDB).

Agradecimentos – Na solenidade de convênio para as obras de melhoria do Centro, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) fez questão de agradecer ao presidente Jair Bolsonaro por vir dando continuidade às obras que encontrou e anunciar novas. Ele disse que na sua gestão contou com ajuda dos ex-presidentes Dilma Rousseff (PT) e Michel Temer (MDB) e agora o atual.

A presidente do Iphan também elogiou o presidente por estes benefícios para o Maranhão e outros estados, destacando a reforma da Casa de José Anchieta, cuja reinauguração deverá contar com a presença do Papa Francisco. Ele disse ainda que bancada federal maranhense, tanto deputados quanto senadores, vem dando uma grande ajuda para essas iniciativas em São Luís e no interior.

Kátia Bogéa disse que se depender dela, muitos outros convênios serão firmados com a iniciativa privada para realização de obras que venham a valorizar as cidades que têm bens tombados pelo Iphan.

Bolsonaro libera R$ 3 milhões para saúde de Pinheiro-MA

O Diário Oficial da União publicou nesta terça-feira (09) em edição extra portaria do Ministério da Saúde que autoriza a liberação de mais de R$ 23 milhões para o setor de saúde de oito municípios do Maranhão. Os recursos oriundos de emendas parlamentares foram autorizado na mesma data em que foram iniciados, no plenário da Câmara Federal, os debates sobre a reforma da Previdência Social.

Segundo levantamento da ONG Contas Aberta mostra que nos primeiros cinco dias de julho foram empenhados pelo governo R$ 2,55 bilhões em emendas a congressistas.

Segundo a publicação, a cifra é maior do que a observada em todo o ano até junho (R$ 1,77 bilhão). O valor também é o mais alto empenhado para meses de julho ao menos desde 2016.

O jornal Folha de São Paulo também divulgou nesta 3ª que o governo Bolsonaro liberou R$ 920,3 milhões em emendas congressuais. O desembolso foi publicado em 34 portarias vinculadas à área de saúde de uma edição extra do Diário Oficial da União desta 2ª (8.jun).

Saiba quais municípios contemplados e o montante autorizado para posterior liberação:

  • Apicum-Açu (Fundo Municipal de Saúde) – R$ 271.664,00
  • Bacabal (Fundo Municipal de Saúde) – R$ 700.000,00
  • Feira Nova do Maranhão (Fundo Municipal de Saúde) – R$ 200.000,00
  • Gonçalves Dias (Fundo Municipal de Saúde) – R$ 490.000,00
  • Imperatriz (Fundo Municipal de Saúde) – R$ 9.859.000,00
  • Pinheiro (Fundo Municipal de Saúde) – R$ 3.000.000,00
  • Santa Luzia (Fundo Municipal de Saúde) – R$ 1.000.000,00
  • São Bento (Fundo Municipal de Saúde) – R$ 1.297.006,00
  • São Luís (Fundo Municipal de Saúde) – R$ 5.200.000,00
  • Viana (Fundo Municipal de Saúde) – R$ 1.000.000,00