ABSURDO! População do povoado Bom Viver realiza rifa beneficente para compra de uma bomba D’Água do poço artesiano.

Até aonde vai os desmandos da gestão Luciano Genésio(PP), o básico não feito e a população sofre muito com o caos administrativo que Pinheiro vem passando.

Na região do Bom Viver, a comunidade vive sem água potável de qualidade, a bomba do poço artesiano queimou e desde então a falta de de água é constante.

Diante dessa situação a população sentiu-se na obrigação de comprar com recursos próprio a bomba e resolveram realizar uma rifa beneficente de um ventilador. A cartela custa R$ 5,00 e todo o dinheiro arrecadado será destinado para aquisição da tão sonhada bomba D’Água.

O valor da bomba é, em media R$ 900,00 valor esse que a prefeitura de Pinheiro não tem e esse recurso já foi até prometido por outros políticos mas até agora nada.

BOMBA! Por incompetência de Luciano Genésio, Portaria Nº 2.573, de 30 de Setembro de 2019 SAMU de Pinheiro pode fechar as portas.

Com exclusividade o Blog Passando a Limpo teve acesso a uma portaria da união publicada em setembro de 2019, aonde suspende o repasse de recurso financeiro destinado ao incentivo de custeio mensal de habilitação da Central de Regulação das Urgências e Unidades móveis pertencentes ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU 192 do Município de Pinheiro.

Além da suspensão dos recursos o prefeito Luciano Genésio (PP), fica determinada a devolução do recurso de custeio repassado a partir da competência janeiro de 2019.

Dezenas de denuncias o Blog recebe diariamente do caos que o SAMU vem passando e agora vem a comprovação desse desmando, considerando que não foram atendidos os requisitos exigidos na Portaria de Consolidação nº 6/GM/MS, de 28 de setembro de 2017, que se enquadram no art. 932, o que permite que o Ministério da Saúde suspenda o repasse.

Veja a portaria na integra.

PORTARIA Nº 2.573, DE 30 DE SETEMBRO DE 2019

Suspende o repasse de recurso financeiro destinado ao incentivo de custeio mensal de habilitação da Central de Regulação das Urgências e Unidades móveis pertencentes ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU 192 do Município de Pinheiro (MA) e solicita devolução de recurso.

O MINISTRO DE ESTADO DA SAÚDE, SUBSTITUTO, no uso das atribuições, que lhe conferem os incisos I e II do parágrafo único do art. 87 da Constituição, e

Considerando a Portaria nº 814/GM/MS, de 25 de abril de 2012, que habilita a Central de Regulação e o Município de Pinheiro (MA) a receber Unidades de Suporte Básico e Avançado, destinadas ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) da Central Regional de Pinheiro (MA) e autoriza a transferência de custeio ao Município;

Considerando o Capítulo I, da Portaria de Consolidação nº 3/GM/MS, de 28 de setembro de 2017, que consolida as diretrizes para a organização da Rede de Atenção à Saúde no âmbito do SUS;

Considerando o Capítulo II, Título VIII da Portaria de Consolidação nº 6/GM/MS, de 28 de setembro de 2017, que consolida as normas sobre o Financiamento da Rede de Atenção Às Urgências e Emergências;

Considerando que não foram atendidos os requisitos exigidos na Portaria de Consolidação nº 6/GM/MS, de 28 de setembro de 2017, que se enquadram no art. 932, o que permite que o Ministério da Saúde suspenda o repasse do incentivo de custeio mensal destinado às Unidades Móveis do Componente (SAMU 192) e/ou à sua respectiva Central de Regulação das Urgências (SAMU 192);

Considerando a Portaria nº 3.500/GM/MS, de 26 de outubro de 2018, que suspende o repasse de recurso financeiro destinado ao incentivo de custeio mensal da Central de Regulação das Urgências, Unidade de Suporte Avançado (USA) e Unidades de Suporte Básico (USB), pertencentes ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) do Município de Pinheiro (MA);

Considerando a Portaria nº 208/GM/MS, de 11 de fevereiro de 2019, que restabelece a transferência mensal de recursos financeiros para o custeio parcial de Unidades Móveis do Município de Pinheiro (MA), destinadas ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192), pertencentes a Central de Regulação das Urgências de Pinheiro (Municipal), a ser incorporado ao Grupo de Atenção de Média e Alta Complexidade Ambulatorial e Hospitalar -MAC, do Estado do Maranhão e Município de Pinheiros; e

Considerando a Nota Técnica nº 139-SEI/2019, da Coordenação-Geral de Urgência/CGURG/DAHU/SAES/MS, constante do Processo NUP-SEI nº 25000.417376/2017-37, resolve:

Art. 1º Fica suspenso o repasse de recurso financeiro destinado ao incentivo de custeio mensal de habilitação da Central de Regulação das Urgências e Unidades móveis pertencentes ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) do Município de Pinheiro (MA), conforme Anexo a esta Portaria.

Parágrafo único. Os valores que constam do Anexo, foram especificados e atualizados conforme incisos I a VIII do art. 923 da Portaria de Consolidação nº 6/GM/MS, de 28 de setembro de 2017, que dispõe sobre incentivos financeiros de custeio do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) e sua Central de Regulação das Urgências.

Art. 2º Fica determinada a devolução do recurso de custeio repassado a partir da competência janeiro de 2019.

Art. 3º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

Segue o link da portaria.

http://www.in.gov.br/web/dou/-/portaria-n-2.573-de-30-de-setembro-de-2019-219115720

BOMBA! BOMBA! BOMBA! Pinheiro é uma das prefeituras da Baixada Maranhense investigadas em esquema de Fraude no Fundeb

O blog do John Cutrim conseguiu com exclusividade a lista das 137 Prefeituras investigadas em esquema de Fraude no Fundeb, conforme denúncia feita pelo Fantástico da Rede Globo no domingo.

Importante destacar que em algumas prefeituras a irregularidades aconteceram em gestões passadas, conforme apurou o blog.

Fantástico denunciou esquema

De acordo com a denúncia, o município, pro exemplo, de Monção recebeu, em 2018, R$ 40 milhões do governo federal pra investir em educação. Mas boa parte desse dinheiro pode ter sido desviada, segundo a Polícia Federal e o Ministério Público Federal.

Os recursos do Fundeb são a principal fonte de desvio de recursos públicos federais nos municípios maranhenses. Segundo as investigações, o golpe é aplicado de duas maneiras: numa delas, os dados de pessoas reais são usados clandestinamente. A outra fraude é a criação de alunos fantasmas. A cidade de Miranda do Norte também é citada na reportagem do Fantástico da Globo.

No total, 137 municípios são investigados no Maranhão. Entre as investigadas estão algumas das cidades da Baixada Maranhense, como  Anajatuba, Arari, Cajapió, Cajari, Cururupu, Olinda Nova do Maranhão, Penalva, Peri Mirim, Pinheiro, São Bento, São João Batista, São Vicente Ferrer, Viana e Vitória do Mearim.

Veja a lista completa abaixo. As prefeituras são as que estão em amarelo.

Luciano Genésio recebeu mais de R$ 8 milhões no mês de outubro

O prefeito ostentação da baixada maranhense não tem executado ações relevantes no município.

A Prefeitura Municipal de Pinheiro recebeu uma grande quantidade de recursos no mês de outubro, mas a cidade continua no mesmo caos de sempre.

As ruas do centro continuam com os mesmos problemas estruturais, as estradas que ligam o centro para a zona rural continuam intrafegáveis, os moradores destas áreas estão completamente isolados. Saneamento básico mesmo não há!

O que torna a situação um caso de saúde pública.
Foram, exatos, R$ R$ 8.294.609,88 (oito milhões e duzentos e noventa e quatro mil e seiscentos e nove reais e oitenta e oito centavos) recebidos nos trinta e um dias do mês passado.

Luciano Genésio foi eleito pela esperança depositada por a maioria dos pinheirenses, só que hoje não passa de uma frustração. Não há na cidade alguém que não se envergonhe em ter votado nele.

Os pinheirenses precisam acompanhar as distribuições destes recursos, assim como os órgãos fiscalizadores.

Luciano tem fama de ostentador, na imagem acima demonstra as suas corriqueiras viagens de jatinho de luxo

PINHEIRO! Sem ter como recuperar as ambulâncias prefeito manda apenas tirar os adesivos da logotipo “Construindo uma Nova Historia”

Circulou nas redes sociais um vídeo aonde mostra duas ambulâncias abandonadas pelo Prefeito de Pinheiro, Luciano Genésio(PP).

As duas ambulâncias estão próximo ao centro da cidade e o fato repercutiu muito nas mídias sociais. O prefeito tomando conhecimento do caso tomou uma decisão inesperada pela população.

Em vez de arrumar e coloca-las novamente para servir a sociedade, o prefeito mandou apenas tirar os adesivos da logo marca da prefeitura e deixa-las lá como se nada tivesse acontecido e que as ambulâncias não fossem de Pinheiro.

Uma demostração clara da incompetência de uma gestão desastrosa do menino do programa primeiro emprego, Luciano Genésio que nunca trabalhou ainda brinca de ser prefeito.

Veja a seguir os dois videos, aonde um as ambulâncias estão com os adesivos e no outro já sem adesivos nas portas.

 

Com a palavra o Ministério Público.

Comigo é dito e feito! Ambulâncias abandonadas por Luciano Genésio no centro de Pinheiro.

O descaso do poder público municipal de Pinheiro continua, desta vez a saúde pede por socorro. Duas ambulâncias estão abandonadas e em processo de sucateamento, no centro da cidade.

Uma das ambulâncias chega a desaparecer os pneus da frente de tanto mato. Um desrespeito aos pinheirenses, vendo dinheiro público sendo jogado fora.

A atual gestão do menino maluquinho Luciano Genésio(PP), não anda muito bem, fragilizado em todos os setores, a administração respira através de aparelhos.

ABSURDO! Motorista de ônibus escolar usa imagens de crianças sem autorização dos pais para fazer campanha eleitoral

As péssimas atitudes do prefeito Luciano Genésio vem sendo copiada por pessoas do seu governo.

Uma foto de um motorista de um ônibus escolar circula nas redes sociais com varias crianças fazendo o “L” que supostamente seria o “L” de Luciano Genésio.

O motorista usa a imagem de crianças para fazer campanha eleitoral sem autorização dos pais dessas crianças e ainda faz isso em hora escolar, e fora do período eleitoral.

O blog passando a limpo vai levar essa imagem ao conhecimento do Ministério Público.

CADÊ OS 80Km DE ASFALTO? Até quando o Vereador Lucas do Beiradão vai enganar a população de Pinheiro.

O vereador Lucas do Beiradão mais uma vez demostrando não ter capacidade nenhuma de ser representante da sociedade pinheirense.

Em agosto de 2018, o vereador postou nas redes sociais um vídeo no qual ele fala que Pinheiro ganharia 80km de asfalto em diversas ruas.

Uma das vias beneficiadas com esse asfalto seria a rua do motel beija flor, tivemos lá hoje 22 de outubro, depois de um ano e dois meses nada de asfalto, podemos ver mesmo é muita poeira e terra.Sendo assim um deboche clássico do vereador com a população de Pinheiro, esse vídeo é apenas um de vários que o edil tem postado e todos ou melhor nenhum foi concretizado pelo vereador. Sendo assim podemos acreditar que o “representante” quer enganar o povo através das redes sociais com propagandas mentirosas.

O vereador Lucas do Beiradão aparece em último lugar em todas as pesquisas realizadas recentemente pelo seu próprio grupo politico, isso tem deixado o vereador preocupado.

Veja aqui o vídeo postado na época pelo Vereador em Agosto de 2018.

JUNTOS! Luciano Genésio aumentou a taxa de iluminação pública e Thaiza Hortegal vota contra o projeto Anticorte

Na segunda-feira (21), a deputada estadual Dra. Thaiza Hortegal (PP) votou contra a aprovação do Projeto de Lei Anticorte (PL 350/2019), na Assembleia Legislativa do Maranhão, de autoria do deputado estadual Duarte Jr. (PCdoB).

O PL Anticorte proíbe o corte de energia elétrica e água nas sextas-feiras, fins de semana e vésperas de feriado. A população tem tido dificuldade para pagar as altas taxas de iluminação, bem como as pessoas em tratamento de saúde que necessitam de energia para manter os aparelhos ligados.

Na cidade de Pinheiro que tem como prefeito o esposo da deputada, Luciano Genésio encaminhou um projeto de aumento da taxa de iluminação pública que prontamente foi aprovado na câmara dos vereadores, Luciano tem a maioria e com isso grande facilidade de aprovar projetos de seu interesse.

O aumento foi tão grande que prejudicou centenas de familias pinheirenses, uma manifestação foi realizada pela população na tentativa de fazer o prefeito voltar a traz desse aumento imoral, em alguns casos chegando a 300% de aumento.

E ontem a população de maranhense tomou conhecimento do que é capaz de fazer contra a sociedade o casal Genésio e Hortegal.

ABSURDO! Ônibus fica atolado no Embarque/Desembarque do Terminal Rodoviário de Pinheiro.

Um ônibus da empresa Novo Horizonte ficou atolado no Embarque/Desembarque do Terminal Rodoviário no bairro da Matriz em Pinheiro.

A situação chamou atenção de muitos curiosos, essa mesma rodoviária passou por uma reforma do prefeito Luciano Genésio no inicio da sua gestão, na ocasião todos os problemas que eram comum seriam resolvido com essa reforma.

Mais na verdade os problemas pioraram, o alagamento continua quando é período de inverno e pela primeira vez na historia um carro(Ônibus), atola em frente da rodoviária. Uma retroescavadeira foi utilizada para a retirada do Ônibus.

Sem receber a devida atenção das autoridades competentes, hoje Pinheiro tem duas rodoviárias que juntando não da UMA.

Será quando custou essa reforma?