Alunos da Creche-Escola Sementinha assistem à peça “Rei Leão” no Festival Maranhense de Teatro Estudantil

Alunos da Creche-Escola Sementinha saíram das salas de aula, na tarde desta quarta-feira (13), para experimentar uma atividade diferente. Eles foram ao Teatro Alcione Nazaré, na Praia Grande, assistir ao espetáculo “Rei Leão”, uma adaptação de um dos clássicos da Disney e que conta a história do leão Simba. A iniciativa integra as ações pedagógicas extraclasse desenvolvidas pela instituição educacional, mantida pelo Grupo de Esposas de Deputados do Maranhão (Gedema).

A peça, encenada por alunos de uma escola particular de São Luís, é parte da programação do XIII Festival Maranhense de Teatro Estudantil (FEMAT), em andamento até dia 21 deste mês.

As crianças chegaram ao teatro animadas e curiosas para saber como a história já adaptada no cinema e na TV seria contada no palco. A pequena Ana Letícia Coelho, do 2º ano, recontou o enredo da fábula do leãozinho Simba com detalhes e disse que gostou da apresentação. “Eu nunca tinha visto Rei Leão como uma peça de teatro, só no cinema e na televisão. Achei muito legal e bonito”, disse a menina.

A diretora da Creche-Escola Sementinha, Ilza Lima, ressaltou a importância da participação das crianças em eventos culturais e explicou que a ida dos alunos ao teatro foi uma atividade ligada à feira cultural realizada na instituição recentemente.

A visita foi um convite do escritor maranhense Elves Franco, produtor do espetáculo. “Essa programação é uma continuação do nosso trabalho da feira cultural, quando os alunos desenvolveram a história dos escritores maranhenses. Elves Franco foi o escritor que os alunos do 2º Ano representaram na mostra cultural, e foi exatamente ele e o produtor do espetáculo que nos convidaram para assistir à peça”, disse a gestora da escola.

Ela acrescentou ainda que é importante inserir as crianças no mundo da arte, por ser esta uma ferramenta de educação. “A participação das crianças nesses eventos é algo muito proveitoso e importante, pois sabemos que cultura é educação e educação é cultura”, finalizou.

Deixe uma resposta