Aumenta o número de jovens com Depressão na Baixada Maranhense.

Foi com dor e sofrimento que Thaynara venceu a chamada “doença da alma”: a depressão. Ainda no ensino médio, ela foi diagnosticada e procurou ajuda. Hoje, estudante de direito, ela auxilia pessoas que sofrem diariamente com a doença.

E casos como esse vêm se tornando cada vez mais frequentes em toda a região da baixada maranhense. De acordo com o IBGE, aqui no estado já foram registradas mais de 160 mil pessoas diagnosticadas com a depressão. Números que preocupam a cada dia que passa.

Segundo especialista é um mal que afeta por diferentes causas. Ela ainda alerta para os principais sintomas da doença. Como, por exemplo: Alteração do apetite para mais ou para menos; Insônia ou muito sono de repente; Perda total de interesse; Dificuldade de concentração; Sentir-se menos importante pra todos e pra tudo; Pensamentos de morte; Ansiedade acompanhada de movimentos repetitivos, como mexer demais as pernas, braços, cabeça…; e Paralisia geral, ou seja, não se mexer pra nada.

Esta adolescente prefere não mostrar o rosto. Ela foi abusada sexualmente ainda na infância. Hoje, ela carrega os traumas e as consequências de um passado obscuro e cheio de lembranças que marcaram sua vida.

Por Marcelo Moreira.

Deixe uma resposta