Caravana de Mical Damasceno e Flávia Berthier de São Luís até Brasília foi marcado por briga e confusão

O Dia da Independência movimentou o cenário político de todo o País, com grupos de direita organizando manifestações públicas nas principais cidades brasileiras. No Maranhão, além dos atos que ocorreram em São Luís, grupos também organizaram viagens para participar dos atos em Brasília.

Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro que vivem na capital maranhense, por exemplo, saíram com destino a Brasília, para participar das manifestações. No entanto, as imagens e áudios de dentro dos ônibus que levou os apoiadores mostrou uma direita dividida e que não consegue se unir.

Segundo relatos, algumas destas caravanas bolsonarista foram organizadas pela deputada Mical Damasceno, que comanda o Diretório do PTB no Maranhão e por Flávia Berthier, elas duas que já tinham se desentendido num ato realizado no dia 01 de agosto, na Praça do Foguete, na Lagoa da Jansen, voltaram a protagonizar mais episódio de discórdia.

A confusão foi relatada por áudios, que logo viralizou em grupos de WhatsApp, por um dos participantes da caravana. No áudio, ele relata que toda viagem foi recheada de briga. Na ida, tiveram que ser abordados pela PRF e, na volta foi a PM que teve que intervir para evitar agressões físicas que aconteceram.

Coincidência ou não, mas depois que a dupla da discórdia deixou o território maranhense no final de semana, pela primeira vez – desde 2019 – a Direita conseguiu organizar um movimento que surpreendeu a cidade ludovicense.

 

Por Isaías Rocha

Deixe uma resposta