Milena Alves é esfaqueada na noite desta sexta-feira (19), em Pinheiro-MA

A jovem Millena Alves, foi vítima de uma facada na noite desta sexta-feira (19) quando estava em um bar bebendo na cidade de Pinheiro.

informações dão conta de que ela foi pega de surpresa, e não deu pra vê direito quem teria desferido a facada.

Ela foi encaminhada às pressas para o Hospital regional Antenor Abreu, e as primeiras informações dão conta que ela está fora de perigo.

Instrutor de autoescola atropelou e matou uma criança de 4 anos em São Bento-MA.

Um acidente de transito na cidade de São Bento por volta das 22:30h desta sábado, teve como vitima fatal Alexandry Neto Reis da Silva de apenas 04 anos.
O acidente aconteceu na Rua Newton Bello, Próximo a Rodoviária no bairro Aeroporto. Natanaelson Diniz Pinheiro de 28 anos, Instrutor de Autoescola, residente na Rua José Vitorino Pinheiro N° 98, Bairro Mutirão, São Bento –MA conduzido e o veículo Volkswagen UP Take MA-2014/2015 de cor branca, placa: OXQ-5504. O mesmo apresentou sitomas de embriaguez.
A Guarnição da Policia Militar recebeu denúncia via telefone sobre o ocorrido, se deslocando até o local e comprovando a veracidade da informação.
Segundo a PM Natanaelson Diniz Pinheiro estava dirigindo o veículo sob efeito de álcool perdeu o controle da direção atingindo a vítima que estava sobre a calçada, a qual veio a óbito a caminho do hospital, populares estavam ameaçando de linchar o acusado, foi realizada a condução do mesmo até a Delegacia Regional de Pinheiro para que sejam tomadas as devidas providências sem lesões corporais.
Por Portal do Baixadeiro

Três pessoas condenadas por crime de latrocínio em São Bento-MA.

O Juízo da Comarca de São Bento condenou os réus Dorilene Lima Pacheco; Paulo Gonçalo Castro Filho e Edilson Costa Arouche, pelo crime de roubo seguido de morte (latrocínio) cometido contra a vítima Jairton Pacheco, ex-companheiro de Dorilene. A sentença, assinada pelo juiz Ivis Monteiro, titular da comarca, também absolve os acusados Paulo Miranda e Joelma dos Santos da acusação de participação no latrocínio.

Os acusados Dorilene Pacheco e Paulo Gonçalo, apontado como namorado de Dorilene, foram condenados a 32 anos e um mês de prisão; e 26 anos e três meses, ambos a serem cumpridos inicialmente em regime fechado. O acusado Edilson Arouche, executor, foi condenado a 18 anos de prisão em regime fechado.

Consta no processo, que no dia 27 de fevereiro de 2018, por volta das 20h30, na cidade de São Bento, Dorilene Pacheco, Paulo Gonçalo e Edilson Arouche, acordados entre si, teriam praticado violência mediante uso de arma de fogo contra a vítima, resultando em sua morte, para subtrair uma motocicleta.

Segundo o Ministério Público, que assina a acusação, Dorilene conviveu maritalmente com a vítima durante dez anos, estando separados na data do crime. De comum acordo, decidiram vender a casa que construíram ao longo da convivência, por R$ 90 mil, e dividir o dinheiro. “Com o valor já acertado para receber, Dorilene concluiu-se com Paulo Gonçalo, com quem estava tendo um namoro, para tramarem a morte de Jairton Pacheco, com o fim de roubar-lhe a metade que cabia a este da venda do imóvel”, descreve. O acusado Paulo Gonçalo teria contratado Edilson Arouche e Paulo Miranda para executarem o assalto.

Consta ainda da denúncia que, no horário combinado, Dorilene, acompanhada de Paulo Gonçalo, e a vítima Jairton Pacheco, seguiram para a casa do comprador do imóvel, para receber o pagamento de R$ 90 mil, e fazer a divisão dos valores; entretanto, não houve o pagamento. O comprador teve problemas bancários e não conseguiu sacar o dinheiro.

Na ida do casal à residência do comprador, Edilson Arouche e Paulo Miranda, segundo o MP, já estariam de “tocaia” aguardando a saída da vítima, para acompanhar e executar o roubo. “Os denunciados Dorilene e Paulo Gonçalo não conseguiram avisar os também denunciados Edilson Arouche e Paulo Miranda que não houve o pagamento do dinheiro. Assim, dando prosseguimento ao plano criminoso, os denunciados, portando arma de fogo, abordaram a vítima e, sem qualquer discussão, com o fim de subtrair o dinheiro, deram um tiro no peito da vítima, que morreu imediatamente no local”, assinada o MP.

Os acusados não encontraram dinheiro, mas aproveitaram para subtrair a motocicleta da vítima, saindo em fuga rumo à cidade de Pinheiro, onde foram presos. As prisões cautelares dos condenados foram mantidas, e devem cumprir pena na Penitenciária de Pedrinhas, em São Luís. Do TJMA.

Irmãs são suspeitas de assassinar jovem a facadas em Matinha-MA.

Em Matinha, cidade a 220 quilômetros da capital maranhense, uma jovem identificada como Kelrry Daiane Ferreira Mouzinho, 25 anos, foi morta a facadas no fim da manhã desta terça-feira (09).

Duas irmãs – identificadas apenas como Tainara e Tainá – são apontadas como autoras do assassinato, que pode ter sido motivado por uma discussão ocorrida nos últimos dias entre elas. O crime aconteceu no bairro Novo, no centro de Matinha.

“Essa discussão entre as autoras e a vítima já vem desde o domingo, ocasião em que ambas discutiram no bar. Após esse dia, as discussões permaneceram através de redes sociais”, disse o delegado que responde pela cidade de Matinha, David Noleto.

Kelrry Mouzinho fez há poucos dias postagens com supostas provocações. “Quem te dera fosse boa eu”, disse em uma das publicações.

A vítima foi atacada na frente da própria casa. Ela chegou a ser encaminhada até o hospital de Matinha, onde acabou morrendo. Seguem incursões das polícias Civil e Militar para tentar localizar as suspeitas.

Suplente de vereador é assassinado com vários tiros em Viana-MA

Um líder comunitário e suplente de vereador da cidade de Pedro do Rosário foi brutalmente assassinado com vários disparos de arma de fogo na tarde de domingo (24), na zona rural do município de Viana, na Baixada Maranhense.

A vítima foi identificada como Carlos Silva Souza, de 38 anos, conhecido como Zeca do Ubizal. Ele foi alvejado com sete tiros durante uma festa.

A discussão teria iniciado ainda dentro de um clube de festas, no povoado Faveira, com outras duas pessoas ainda não identificadas pela polícia.

Zeca do Ubizal foi candidato a vereador em Pedro do Rosário, obtendo 187 votos.

Motos roubadas são recuperadas pela Polícia Militar em São Vicente de Ferrér-MA

Nesta terça-feira (19), por volta das 14:40hs no povoado São Pedro em São Vicente de Ferrér a polícia militar recuperou duas motocicletas roubadas.

A guarnição foi informado que um suspeito havia chegado em sua residência em uma motocicleta possivelmente produto de roubo/furto.

Com autorização do CPU a guarnição deslocou-se até o local, onde o elemento que encontrava-se na porta da residência, ao ver a viatura embrenhando fuga, impossibilitando assim a sua captura.

Entretanto foi encontrado próximo a sua residência uma moto HONDA FAN ESI 150 vermelha 2012 de placa OIR 3536, fazendo buscas nas proximidades foi localizado a segunda moto HONDA TITAN 160 vermelha 2016 – PSR 7929. Após consulta no INFOSEG contatou-se que ambas motocicletas sou produtos de roubo/furto.

Diante dos fatos as referidas foram entregues na DP ( Delegacia de Polícia) local para as devidas providências.

 

 

 

Casal é encontrado sem vida no bairro Alemanha em São Luís; Polícia suspeita de feminicídio

Um possível caso de feminicídio foi registrado na noite de ontem (17), no bairro Alemanha, em São Luís. Um homem, identificado como Adérito Pires Ribeiro, de 40 anos, teria assassinado a esposa, Maria Célia Coelho de Sousa, de 48 anos. Em seguida, ele teria cometido suicídio.

Os corpos foram encontrados por volta das 19h pela mãe da Maria Célia e logo a polícia foi acionada para o local do crime, na Rua Pires Sabóia. Uma investigação do caso está sendo feita, a ocorrência foi encaminhada para a Casa da Mulher Brasileira com a suspeita de ser mais um caso de feminicídio na capital.

Os corpos do casal foram encaminhados para o Instituto Médico Legal, onde passa por uma perícia. De acordo com o Instituto de Criminalística e Medicina Legal (Incrim), o crime ocorreu na sexta-feira(15), os corpos foram encontrados em estado de decomposição. A perícia já detectou 10 lesões provocadas por objeto perfuro cortante no corpo da Maria Célia, ela foi assassinada na cozinha de casa, e o corpo de Adérito Ribeiro foi encontrado em um quarto, ao lado da faca utilizada no feminicídio.

Noite de sábado violenta em Pinheiro com dois homicídios.

A noite deste sábado está violenta na cidade de Pinheiro com dois homicídios registrados, um no Bairro São Francisco. E agora por volta das 23:30hs nas proximidades da feira Municipal, onde segundo informações um homem identificado como Júnior teria reagido a um assalto e levado duas facadas dos assaltantes.
Informações dão conta de que Júnior era vendedor de arroz.

O blog esta em contato com a policia para melhores informações.

Veja o Vídeo Mulher é morta a tiros no centro de Pinheiro na manhã desta quinta-feira.

Uma mulher identificada por ( Pelúcia ), foi morta a tiros no centro da cidade de Pinheiro na manhã desta quinta-feira (14).

De acordo com informações de populares, a mulher caminhava em via pública quando foi abordada por elementos não identificados que chegaram atirando. Ela seria usuária de drogas.

A polícia segue em busca de pistas. O corpo da vítima foi levado para Hospital Antenor Abreu, para os exames de rotina.

O Blog voltar a qualquer momento com outras informações.

 

Homem é condenado a mais de 26 anos de prisão por estupro de vulnerável em Bom Jardim-MA.

Após o oferecimento de Denúncia pelo Ministério Público do Maranhão, Francivaldo Saldanha da Silva, mais conhecido como “Beiçola”, foi condenado pela Justiça a 26 anos e quatro meses de prisão, em regime fechado, pelos crimes de estupro e de estupro de vulnerável.

Conforme o teor da Ação Penal, formulada pelo promotor de justiça Fábio Santos de Oliveira, Francivaldo Saldanha utilizava arma de fogo para ameaçar sua enteada, obrigando-a a manter relações sexuais com ele. A vítima, atualmente com 19 anos, sofria abusos desde os 11 anos. A jovem chegou a engravidar, mas sofreu um aborto em julho do ano passado.

Também foi apontado na Denúncia que a mãe da vítima, a irmã e seus cinco irmãos viviam em um ambiente de constantes ameaças perpetradas pelo condenado, mediante arma de fogo e arma branca. Portanto, as violências física e psicológica contra os membros da família eram constantes.

De acordo com a sentença do juiz Bruno Barbosa Pinheiro, Francivaldo não poderá apelar em liberdade.

Redação: CCOM-MPMA