Prefeitura de Viana discute protocolos para volta às aulas

Educação, Saúde e representantes da sociedade civil se unem para garantir que os ambientes escolares sejam seguros para alunos e profissionais de educação

A Prefeitura Municipal de Viana, por meio da Secretaria de Educação, reuniu equipe de enfrentamento à COVID, Poder Legislativo, Conselho Tutelar, Conselho Municipal de Saúde, Conselho Municipal de Educação, Presidentes dos Sindicatos dos Profissionais da Educação, Técnicos da Vigilância Sanitária e Representantes da Secretaria Municipal de Educação, a fim de discutir o Protocolo de Biossegurança para Retorno das Atividades Escolares nas Unidades de Ensino em Viana.

A Secretária de Educação, Cleyce Nunes Machado, enfatizou a importância do momento para tomada de decisões sobre o início das atividades escolares frente aos obstáculos impostos pelo COVID-19. Na ocasião, foram discutidos os principais tópicos de segurança e saúde para que profissionais, alunos e comunidade escolar possam retornar às aulas respeitando as normas de combate à pandemia.

O Presidente do Conselho Municipal de Saúde, Felipe Ângelo, falou sobre a relevância das medidas de biossegurança ficarem nitidamente expressas no Decreto Municipal que disciplina o retorno das atividades escolares, visando garantir a segurança dos alunos, profissionais da educação, pais e sociedade em geral.

O Presidente do SINPROV (Sindicato dos Profissionais da Educação de Viana), Professor Jonatas Castro, observou sobre o retorno híbrido dos profissionais pertencentes aos grupos de risco, no sentido de que a Gestão Municipal tenha o cuidado de atender aos requerimentos destes profissionais.

Já o Presidente do SSPMVC (Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Viana e Cajari), Professor José Carlos, ponderou que para as escolas que irão funcionar de forma presencial, de preferência, sejam mapeados para essas localidades profissionais da comunidade, a fim de evitar maiores riscos de contaminação.

Claudeir Pinheiro, representante do Conselho Tutelar, argumentou sobre a importância do retorno das atividades escolares, como pai e conselheiro, elogiou o trabalho, mas pediu todo cuidado sanitário.

Ao final, ficou decidido que será criado um Comitê Municipal de Monitoramento da situação epidemiológica no contexto da educação, apresentando mensalmente relatório. Antes do início das aulas, acontecerá nova reunião para composição do referido Comitê, que será composto por representantes dos segmentos ali presentes.

Padre Luís Risso, MSC é o novo membro da APLAC (Academia Pinheirense de Letras, Artes e Ciências).

A Academia Pinheirense de Letras Artes e Ciências Letras Artes e Ciências – APLAC, por meio de sua presidente em exercício, acadêmica Iranilda Silva Lima Fonseca, faz saber aos senhores acadêmicos titulares e ao povo de Pinheiro, que nos termos do Edital nº 002/2020/GP-APLAC, Edital nº 001/2021/GP-APLAC (com as alterações do Edital nº 002/2021/GP-APLAC) que, reunindo-se o sodalício em Assembleia Geral Extraordinária – AGE nº 001/2021, neste dia 20 de fevereiro de 2021, verificado o quórum e a contagem dos votos dos acadêmicos,  apuraram-se 20 votos válidos.

 

Continuando-se os trabalhos, passou-se a contagem dos votos para preenchimento da cadeira 18 do sodalício, patroneada pelo ilustre pinheirense Pe. NEWTON IGNÁCIO PEREIRA, que teve como primeiro ocupante e fundador, o saudoso acadêmico LOURIVAL DE CASTRO GOMES (que no decurso deste ano completaria 100 anos). Atualmente a cadeira encontrava-se vacante em razão do falecimento, em 03/05/2020, do acadêmico JOSÉ DAS GRAÇAS MELO MOREIRA.

Destarte, apurados os votos na eleição havida nesta data, em primeiro escrutínio, obteve a maioria dos votos válidos, o Sr. LUIGI RISSO, padre italiano, pertencente à congregação dos Missionários do Sagrado Coração, que recebeu 13 votos, sendo proclamado vencedor.

O novo acadêmico chegou em Pinheiro em dezembro de 1960, com 29 anos de idade, radicando-se a margem esquerda do Pericumã. Ao logo desses 60 anos prestou relevantes serviços à cidade, especialmente no campo da educação. Foi professor deveras conceituado, de física e química, do ginásio do Colégio Pinheirense, sendo precursor das feiras de ciências do referido colégio, além de ser o primeiro professor a fazer aulas práticas laboratoriais de física e química.
Com sua rede de escolas, alfabetiza e educa crianças e adolescentes, escrevendo uma página importante da história de Pinheiro, com letras de futuro. O novo acadêmico também foi um dos primeiros a lutar pela causa da educação de crianças especiais, construindo a sede da APAE de Pinheiro. No campo da arquitetura e engenharia, é responsável por grandes obras em Pinheiro, como o Hospital Nossa Senhora das Mercês e a igreja São José, esta com estilo único na cidade.
O novo acadêmico deverá ser empossado em março do ano curso, em sessão solene designada para tal fim. Ao padre Risso, os mais sinceros votos de luminosidade de nossa confraria e a nossa festiva acolhida, que se confunde com a honra que nos assalta, em poder ter em nosso quadro tão imponente paladino da Educação.

IBGE abre concursos para mais de 204 mil vagas para o Censo 2021

São 181.898 vagas para recenseador, que exige nível fundamental, e 22.409 para agente censitário, de nível médio; remuneração vai até R$ 2,1 mil.

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) reabriu o aguardado concurso para 204.307 vagas temporárias para a realização do Censo Demográfico 2021, com salários de até R$ 2.100. Os editais foram publicados nesta quinta-feira (18) no Diário Oficial da União.

São dois processos seletivos e há vagas distribuídas para praticamente todos os municípios do país.

 

Acesso ao edital no link abaixo

 

http://painel.siganet.net.br/upload/0000000423/cms/images/editor/files/EDITAL~2.PDF

Prova de vida de aposentados e pensionistas estão suspensas em São Luís

Estão suspensas temporariamente as provas de vidas para aposentados e pensionistas que fazem aniversário entre os meses de fevereiro e junho deste ano, de acordo com o Instituto de Previdência e Assistência do Município (Ipam).

Por este motivo, não haverá bloqueio dos créditos ou suspensão dos benefícios por falta da comprovação de vida/2021. A medida, que é uma forma de prevenção à Covid-19, foi regulamentada pela portaria nº 147/2021 para se somar a outras ações municipais que estão sendo realizadas no enfrentamento à Covid.

A prova de vida consiste no processo em que o segurado comparece ao Ipam ou recebe a visita da equipe do órgão para realizar a atualização de dados cadastrais e, consequentemente, a comprovação de vida.

O atendimento ao público no Ipam, durante a pandemia, está sendo de segunda à sexta-feira, das 9h às 17h.

Guimarães e Turilândia estão entre as dez cidades que mais vacinaram no Maranhão

Para garantir transparência sobre os dados relacionados à imunização contra o coronavírus, o Governo do Estado do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), lançou o vacinômetro.

A ferramenta digital que permite que qualquer pessoa possa acompanhar, em tempo real, o número de vacinados contra a Covid-19 no Maranhão.

O recurso online está disponível no endereço eletrônico https://painel-covid19.saude.ma.gov.br/vacinas e contém os números atualizados de doses recebidas e doses aplicadas.

Até nesta terça-feira, 16, o ranking de dez municípios que lideram o ranking de vacinação contra Covid-19, proporcionalmente.

Os municípios de Lagoa do Maranhão e Lago Verde aplicaram 100% das doses recebidas; seguido de Itinga do Maranhão, 88,13%; Tasso Fragoso, 81,07%; São Raimundo, 79,84%; Lago do Junco, 79,45%; Axixá, 78,79%; Guimarães, 78,53%; Turilândia, 77,86% e Brejo de Areia, 77,85%.

Atualmente, o estado do Maranhão já teve aplicadas 112.708 de doses de vacinas. Todos os 217 municípios já disponibilizaram doses de vacina AstraZeneca e da CoronaVac, desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac Life Science em consórcio com o Instituto Butantan.

Pinheiro inicia vacinação em sistema drive-thru para idosos a partir de 90 anos

A Prefeitura de Pinheiro começou nesta segunda-feira (15) a vacinação contra Covid-19 de idosos acima de 90 anos no sistema Drive-Thru

No posto montado no CEMP – Centro de Especialização Médica de Pinheiro Estádio, a fila começou a ser formada bem cedo. O atendimento ocorre a partir das 8h e é encerrado às 17h.

“Ampliamos o público alvo da vacinação contra o Coronavirus em Pinheiro. Iniciamos hoje (15), o atendimento exclusivo por meio de drive-thru para idosos acima de 90 anos”, disse Luciano Genésio prefeito da cidade.

A medida que novas doses forem disponibilizadas ao município, estaremos estendendo o público-alvo, para garantir a imunização de todos os Pinheirenses, concluiu Luciano Genésio.

“Conseguimos com planejamento iniciar nesta segunda a vacinação para os idosos acima de 90 anos. Contudo, informamos que os idosos acima de 60 anos que não participaram do esquema de vacinação serão vacinados nas próximas semanas, com novas estratégias para atendimento”, frisa o secretário de Saúde, Fred Lobato.

Caixas eletrônicos do Banco do Brasil ficam sem dinheiro nesta segunda-feira (15) em Pinheiro – MA

Quem procurou caixas eletrônicos do Banco do Brasil em Pinheiro para efetuar saques nesta segunda-feira (15), encontrou dificuldades em alguns pontos durante o dia, muitos clientes se depararam com máquinas desabastecidas.

Lembrando que a agência do Banco do Brasil da cidade de Santa Helena não realiza saques desde o último assalto que a agência sofreu. Clientes que querem sacar, se deslocam 42km para realizar suas transações bancarias em Pinheiro.

O servidor público José Cardoso que desde sábado, 13, tentou sacar dinheiro, mas sem sucesso. “Nesta segunda-feira (15), voltei à agência e também não consegui sacar. Em seguida, só havia apenas um caixa com dinheiro em espécie, o que ocasionou uma fila enorme e tumulto. Pelo fato de ter passado por uma cirurgia recente, preferi não enfrentar a fila e fui embora. Até porque não sei se, quando chegasse a minha vez, ainda haveria dinheiro disponível”, relatou, afirmando ainda que só conseguiu realizar o procedimento no inicio da noite

Muitas pessoas tiveram que enfrentar longas filas no terminal de atendimento. “Todos os caixas do Banco do Brasil estavam sem dinheiro. Houve revolta e muita reclamação. Um absurdo para uma cidade e ainda em plena segunda-feira”, disse outro leitor, que preferiu não se identificar.

BANCO DO BRASIL – O Blog Passando a Limpo tentou contato com o Banco do Brasil. Mas sem resulta satisfatório. No final da tarde três caixas eletrônicos voltaram a funcionar com a opção de saque.

Barreira sanitária educativa promove abordagem de pessoas que chegam em Olinda Nova – MA

Sábado, 13 de fevereiro a Prefeitura Municipal de Olinda Nova em parceria com a Secretária Municipal de Saúde Realiza barreira educativa em virtude ao decreto n°05/2021, de 11 de fevereiro de 2021. Para orientar sobre a importância do isolamento Social devido a pandemia do COVID-19.

A barreira foi composta por Servidores da Secretária de Saúde, Agentes Epidemiologicos, Agente Comunitário de Saúde e Bombeiros Cívil.

Lembre-se
Fica proibida a realização, em todo o território municipal, de festividades, públicas e
privadas, e demais eventos que possam ocasionar qualquer tipo aglomeração, durante o período pré-carnavalesco e carnavalesco, a partir da data de publicação do presente decreto, até que as medidas aqui estabelecidas sejam reavaliadas.

Contamos com a compreensão de todos quanto a intensificação das fiscalizações, certos de que estamos tomando essas medidas para garantir a segurança de todos.

#PrefeituraDeOlindaNovadoMaranhao
# Governodecompromisso comopovo

SÃO VICENTE FÉRRER – Reunião debate medidas de segurança sanitária em eventos de vaquejadas

O Ministério Público do Maranhão promoveu nesta quinta-feira, 11, na sede da Promotoria de Justiça de São Vicente Férrer, uma reunião com promotores de eventos realizados em vaquejadas. A atividade foi coordenada pela promotora de justiça Laura Amélia Barbosa.

A reunião teve a participação de organizadores de festas dos municípios de Cajapió, Olinda Nova, São Vicente Férrer, São João Batista e Olinda Nova.

Também participaram a gestora regional da Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (Aged), Ana Cláudia Macedo, o fiscal agropecuário e chefe da Unidade Local de Saúde Animal e Vegetal de São João Batista, Carlos Eduardo Aguilar, e o auxiliar de fiscalização da Aged em São João Batista, Domingos Assunção Santos.

A gestora regional da Aged destacou a necessidade de os promotores de eventos de vaquejada obedecerem às normas sanitárias e alertou sobre a aplicação de multas em caso de desobediência. Ana Cláudia Macedo informou que já foram identificados animais com mormo, doença causada por bactéria, e que pode contaminar o ser humano. Foi registrado um caso em São Vicente Férrer, e o animal teve que ser sacrificado.

A gestora enfatizou a necessidade de realização de exames para diagnosticar a saúde dos animais e a incidência da anemia infecciosa equina, que obriga as autoridades sanitárias a sacrificarem o animal contaminado. Já o fiscal agropecuário Carlos Eduardo Aguilar lembrou que é necessário cadastrar o local de realização vaquejada na Aged, incluindo a documentação dos animais e a obrigação de manter um responsável técnico veterinário.

Após as explanações técnicas, os produtores de eventos informaram que, devido à pandemia da Covid-19, optaram por não realizar vaquejadas até que se possa ter o controle sobre o número máximo de participantes.

SUSPENSÃO DE EVENTOS

Em audiência realizada na manhã desta quinta-feira, 11, no auditório da Procuradoria Geral de Justiça, em São Luís, o juiz Douglas de Melo Martins, da Vara de Interesses Difusos e Coletivos, em decisão liminar, suspendeu a realização de qualquer evento festivo, incluindo aqueles com no máximo 150 pessoas, nos municípios maranhenses, no período do dia 12 a 18 de fevereiro.

UDI e São Domingos voltam a ficar com 100% dos leitos de UTI ocupados; no UDI nove pessoas estão na fila de espera

Os principais hospitais privados de São Luís – UDI e São Domingos – divulgaram neste domingo (14), que todos os leitos de UTI destinados a covid-19 estão ocupados. Essa situação liga o alerta e coloca a rede privada da capital à beira do colapso, uma vez que os leitos de enfermaria estão escassos também.

UDI e São Domingos possuem juntos 71 leitos de UTI para tratamento da covid-19. No hospital do Jaracati são 30 e no Bequimão outros 41.

Centro Médico e Hospital Guarás não divulgaram neste fim de semana, o boletim de ocupação de leitos.

Mas até sexta-feira (12), o Centro Médico tinha 2 leitos de UTI disponíveis e o Hospital Guarás tinha 2 leitos disponíveis.

Quanto aos leitos de enfermaria, existe uma situação semelhante na rede privada. No Hospital Guarás são 9 disponíveis, no Centro Médico 7, no São Domingos 2 e no UDI não há leitos disponíveis.

Na rede pública de saúde estadual, a ocupação é de 90% em São Luís, 75% em Imperatriz e 59% nas demais regiões. 

 

Por Diego Emir