Centro de Hemodiálise de Pinheiro (MA) completa um ano e contabiliza mais de 20 mil sessões

No total, unidade contabilizou 225.031 atendimentos, entre consultas, procedimentos de enfermagem e outros; Centro, que integra rede de assistência a pacientes renais crônicos, é gerenciado pelo Instituto Acqua em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde (SES)

O Centro de Hemodiálise de Pinheiro (MA) completa nesta quarta-feira (04/08) um ano de funcionamento e contabilizou 20.159 sessões de diálise. Além das sessões, a unidade registrou 225.031 atendimentos. A iniciativa, que integra rede de assistência a pacientes renais crônicos, é gerenciada pelo Instituto Acqua em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde (SES). Na última terça-feira (03/08), música e distribuição de brindes a pacientes marcaram as comemorações.

“Desde a inauguração, o Centro de Hemodiálise foi um grande benefício que eu e outras pessoas que precisam das sessões ganhamos, e com essa facilidade de localização voltei para minha cidade, em Centro Novo. Agora venho três vezes na semana e faço as sessões. Sou grata por todo atendimento que é prestado aqui”, disse a paciente Luzia Vieira da Costa, 45 anos.

O Centro atende pacientes com insuficiência renal aguda da baixada maranhense e litoral que necessitam realizar diálise. Com o funcionamento do local, pacientes que residem em Pinheiro ou cidades da região não precisam se deslocar, em média quatro horas, para realizar a sessão de diálise – hoje podem continuar o tratamento próximos de suas casas e familiares.

“Em um ano atingimos uma marca muito alta e ver nossos pacientes bem instalados e participando dessa comemoração foi algo inexplicável. Nosso verdadeiro intuito é levar qualidade de vida a essas pessoas que tanto precisam e que antes se deslocavam daqui para a capital e atualmente têm o serviço em sua própria regional”, comentou Cláudio Mendes, supervisor técnico do Instituto Acqua.

Para a diretora-administrativa, Iasmym Cordeiro, é perceptível ver o bem-estar dos pacientes durante esse ano de funcionamento. “É de grande satisfação em um ano realizarmos tantas sessões, e essa é uma conquista conjunta com a Secretaria de Estado da Saúde e o Instituto Acqua. Hoje atendemos 170 pacientes por mês, porém nossa capacidade é de 240. É importante ressaltar que os nossos profissionais são cruciais para os resultados positivos que temos”, declarou.

Números – Com 40 cadeiras funcionando nos três turnos, o Centro de Hemodiálise de Pinheiro realizou 225.031 atendimentos. Tratamento dialítico foram 20.159; consultas multidisciplinares foram 144.356; procedimentos cirúrgicos em nefrologia contabilizaram 45; Serviços de Apoio Diagnóstico Terapêutico (SADT) chegaram a 15.003. Em um ano de funcionamento, o Centro contabilizou 75.468 procedimentos de enfermagem.

Uma sessão de hemodiálise prevê cerca de 15% do trabalho dos rins. A duração aproximada de cada sessão é de quatro horas e o paciente com Insuficiência Renal Crônica (IRC) habitualmente necessita de três sessões por semana. Hemodiálise é o procedimento realizado por meio de máquina que filtra e limpa o sangue, fazendo parte do trabalho que o rim doente não pode fazer. O procedimento retira do corpo os resíduos prejudiciais à saúde, como o excesso de sal e líquidos. Também controla a pressão arterial e ajuda o organismo a manter o equilíbrio de substâncias como sódio, potássio, ureia e creatinina.

O Centro – O Centro de Hemodiálise de Pinheiro funciona de segunda a sábado, das 7h às 20h. Foi instalado na área ao lado do Hospital Regional Dr. Jackson Lago. Conta com Recepção, sala de diálise, sala de implantação de cateter, sala de estabilização, copa e também dispõe de equipe com enfermeiros, técnicos, médico nefrologista e equipe multiprofissional com nutricionista, psicólogo e assistente social.

Deixe uma resposta