Maranhão terá Academia de Ciências, Letras e Artes Militares.

Coronel Furtado.

A instalação oficial e a posse dos membros acontecem nesta quarta-feira (20), no antigo Lítero, no Bairro Centro, em São Luis.
Em cerimônia a ser realizada nesta quarta-feira (20), será instalada oficialmente a Academia Maranhense de Ciências, Letras e Artes Militares (AMCLAM). O evento acontece na sede da entidade, localizada no salão do antigo Grêmio Lítero Recreativo Português (Praça João Lisboa, Centro), a partir das 19h. Na oportunidade, serão empossados os membros da AMCLAM.

A AMCLAM será a terceira no segmento a ser criada no país, integrando policiais e bombeiros militares das corporações estaduais militares, além de escritores, professores e historiadores renomados no estado, e que tem como objetivos: estimular, reconhecer, fomentar e valorizar a literatura e as artes em todos os níveis, incentivar e motivar os militares estaduais na produção de obras técnicas-profissionais, literárias e artísticas, promover parcerias constantes e fraternas com as instituições e sodalícios da literatura e da arte, intercambiar com centros de atividades culturais brasileiros e internacionais, entre outros.
Idealizada pelo Coronel Furtado da reserva remunerada da Polícia Militar, a instituição congregará cientistas sociais, literatos e artistas policiais e bombeiros militares, entre eles, o próprio coronel Furtado, historiador e escritor, com inúmeros trabalhos publicados, vários militares e doutores universitários, como o CPL Padre Meireles (do IHGM e ALL), o Juiz Alberto Tavares (da AML), o desembargador Vicente Castro, Professores Olímpio, Vera, Laércio e Marialva Mont’Alverne Frota, da UEMA; professor Teixeira, uma das maiores autoridades brasileiras na área de inteligência; Dr. Fuad, Raimundo Marques, que já foi Oficial da PMMA, Secretário de Segurança e Presidente da OAB-MA e da Academia de Letras Jurídicas.
Patronearão as cadeiras, oficiais e personalidades que deixaram verdadeiros legados à geração atual, através de grandes feitos e relevantes serviços à sociedade maranhense com destaque para o Brigadeiro Falcão, militar de inúmeras qualidades que foi o primeiro Comandante do Corpo Policial da Província do Maranhão, gênese da atual Polícia Militar do Maranhão e outros militares de ilibadas condutas como o Monsenhor Hélio Maranhão e o Alferes Tiradentes, Patrono das Polícias Militares.

 

Deixe uma resposta