Othelino prestigia ato de doação de blocos de concreto para Duque Bacelar

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), participou, na tarde desta segunda-feira (30), no Palácio dos Leões, ao lado do governador Flávio Dino (PSB), de secretários, deputados e prefeitos, da cerimônia de assinatura do Acordo de Cooperação Técnica e termo de doação de blocos intertravados de concreto para pavimentação de ruas em cidades do Maranhão, entre elas, Duque Bacelar.

O município foi contemplado com 100 mil bloquetes do programa Trabalho com Dignidade, do Governo do Estado, idealizado e executado pela Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), que utiliza mão de obra carcerária para a confecção das peças de concreto destinadas à pavimentação de vias públicas.

“Fico muito feliz em participar da solenidade ao lado do prefeito Flávio Furtado e parabenizo o governador Flávio Dino por mais este importante projeto a favor dos maranhenses, que, além de permitir a ressocialização dos apenados, melhora a mobilidade urbana nas cidades”, destacou o chefe do Legislativo.

O prefeito Flávio Furtado destacou a importância da doação dos blocos de concreto para a infraestrutura da cidade e agradeceu o apoio do presidente Othelino Neto.

“Agradeço ao governador Flávio Dino, assim como ao deputado Othelino por sempre estarem por dentro de nossas demandas e atenderem às nossas necessidades. Esses blocos são de extrema importância, principalmente, para a Avenida Beira Rio”, disse Furtado.

Biaman `Prado / Agência Assembleia

O chefe do Legislativo Estadual parabenizou o governador Flávio Dino pelo importante projeto a favor dos maranhenses

O chefe do Legislativo Estadual parabenizou o governador Flávio Dino pelo importante projeto a favor dos maranhenses

O ato também contou com a presença dos deputados estaduais Adelmo Soares e Zé Inácio Lula. “Um momento importante de um dos programas mais bonitos que temos do Governo do Maranhão, que é a ressocialização, ajudando as comunidades, as prefeituras e levando dignidade àqueles que mais precisam”, enfatizou Adelmo.

O secretário estadual de administração penitenciária, Murilo Andrade, ressaltou a importância da entrega dos blocos de concreto fabricados na penitenciária e que têm contribuído para a ressocialização dos detentos. “Grande passo conseguirmos colocar os presos para trabalhar, aprender uma profissão e, ao mesmo tempo, melhoramos a mobilidade urbana dos municípios. Iremos entregar blocos praticamente em todos os municípios do Maranhão e quem ganha é a sociedade maranhense com ruas pavimentadas e presos qualificados”, ressaltou.

Fábricas no sistema prisional

Atualmente, o Maranhão possui 51 fábricas que utilizam mão de obra de presos de Justiça para a produção de blocos intertravados de concreto. Existe um duplo benefício social inerente ao projeto de confecção de bloquetes de cimento no sistema penitenciário: atender às necessidades do povo maranhense, e, também, trabalhar com as pessoas privadas de liberdade, que antes não tinham nenhum ofício e hoje estão inseridos nas fábricas de blocos.

Deixe uma resposta