Polícia Federal deflagra operação contra crimes previdenciários em várias cidades do MA entres elas Governador Nunes Freire e Maranhãozinho

A Polícia Federal no Maranhão, por meio da Força-Tarefa Previdenciária, deflagrou na manhã desta terça-feira (01), a Operação ANADROMIKI, com a finalidade de reprimir crimes previdenciários que geraram prejuízo de aproximadamente R$ 5,9 milhões. Cerca de 70 policiais federais cumpriram 20 mandados judiciais nos municípios de São Luís, Paço do Lumiar, Esperantinópolis, São Domingos do Maranhão, Governador Nunes Freire e Maranhãozinho.

São três mandados de prisão preventiva, quatro de prisão temporária e 13 de busca e apreensão. Consta ainda na decisão judicial a determinação para que o INSS submeta 68 processos de benefício a procedimentos de auditoria.

Deixe uma resposta