Protestos em Palmeirândia: Entenda por que milhares de pessoas saíram às ruas contra o prefeito Edilson da Alvorada

Nesta sexta-feira (16), no município de Palmeirândia, a irresponsabilidade do Prefeito Edilson da Alvorada levou a população em pouco menos de 07 meses de administração às ruas em um ato de protesto ao atual gestor.

Desde quando assumiu em janeiro deste ano, Edilson vem sendo um verdadeiro “Ditador” quem não seguir sua cartilha é devidamente perseguido por ele e seus aliados. A população cansada com essa situação resolveu se manifestar de forma pacifica, pelas principais avenidas da cidade, um grito de socorro e por mais respeito ecoou pelo município. Varias outras faixas durante a manifestado, um ato sem vinculo partidário, mas sim em defesa dos servidores Públicos municipais. Querido povo de Palmeirândia, se faz necessário explicar por meio deste comunicado, alguns tópicos que vem sendo distorcidos sobre a manifestação e suas razões.
É necessário neste momento deixar as políticas partidárias de lado, e erguer bandeiras em favor do servidor público municipal, por tais motivos:

1 – Pela não redução salarial
2 – Por um Processo Administrativo que garanta o contraditório e a ampla defesa.
3- Não a Perseguição Política Partidária
4- Cumprimento da Lei 005/2021 das 20h – Sancionada pelo prefeito datada de…
5- Transparência dos Recursos Públicos (Liberação do Portal da Transparência e Folha de Pagamento)
6- “Salário Família”
7- Desconto Salarial ilícito
8-Insalubridade e risco de vida aos garis e servidores da Saúde
9- “Adicional noturno”
10-Pelo pagamento integral da remuneração dos servidores;
11- Contra o Assédio Moral no ambiente de trabalho
12- Quadro Incompleto de Professores ( Falta de professores nas escolas e por uma Educação Digna)
13- “Pagamento do Quinquênio”
14- Transporte Escolar Inativo (Reclamação por parte dos pais para a busca e entrega das atividades)
15 – A substituição dos contratos irregulares pelos excedentes do concurso público 2013.
16- Afastamento dos excedentes do concurso de 2013.
17- Contratos inconstitucionais
18-Afastamento e suspensão de servidores antes da instauração de PADs;
19- PADs sem respeitar as exigências da CF e da Lei 07/2001- Estatuto do Servidor Público.
20- Fazer valer o Compromisso assinado com o SINDSERP – dos Planos , Cargos e salário.

Tendo em vista esses tópicos, é pertinente, e constitucional esse movimento pacífico. Por outro lado, iremos sim, encontrar pessoas que utilizarão falas infelizes por motivos que já sabemos.

A manifestado contou com advogados, representantes do Sindicato do Servidor Público e toda sociedade civil de Palmeirândia.

1 pensou em “Protestos em Palmeirândia: Entenda por que milhares de pessoas saíram às ruas contra o prefeito Edilson da Alvorada

Deixe uma resposta