Revitalização de Farol do Saber em São Bento motiva comunidade e escritores

A comunidade sambentuense comemorou a reabertura do Farol do Saber Dom Felipe Conduru Pacheco, que estava há 10 anos desativado. A reforma promovida pelo Governo do Estado recebeu investimentos de R$ 221.242,06, que resultou na recuperação da estrutura, acessibilidade, nova mobília e acervo moderno. O equipamento literário foi inaugurado na última sexta-feira (6), pelo governador Flávio Dino.

O presidente da Academia Sambentuense de Letras, o escritor Álvaro Urubatan Melo, destacou a iniciativa do Governo do Estado que, em parceria com a prefeitura municipal, revitalizou o espaço público fundamental para a promoção literária. “São Bento é um berço literário e cultural e necessita de espaços como esses para promover a leitura, o saber e sua história. Nós, da Academia Sambentuense, estamos muito alegres”, revelou.

A Academia Sambentuense de Letras fez a doação de sete títulos diferentes de autoria dos escritores da região e acadêmicos para compor o novo acervo do Farol do Saber, entre os quais: São Bento dos Peris “Eu Conto a Tua História”, do Projeto a Hora das Letras; e “Pai e Mestre”, de Dom Felipe Conduru, patrono do Farol.

O secretário de Educação, Felipe Camarão, realça que a entrega do novo Farol à população de São Bento é parte de uma série de investimentos em educação que o Governo do Estado realiza no município. “A entrega do novo Farol do Saber completamente reformado e com novo acervo, pelo governo Flávio Dino, faz parte de um conjunto de ações educacionais em São Bento. Aqui o governo já implantou uma escola em tempo integral, que é o Centro Educa Mais Kiola Costa; entregou, também, a expansão da UEMA, com anúncio de novos cursos, somando mais de 480 vagas para o ano que vem; a reforma em curso da unidade vocacional do IEMA, entre outras, de forma que a educação será o principal vetor de desenvolvimento nessa região”, apontou.

Dona Maria Regina Soares de Souza, agente comunitária de São Bento, ressaltou que, mesmo com toda tecnologia, o livro é uma ferramenta de desenvolvimento humano. “O livro é muito importante, principalmente para os jovens em busca de conhecimento e crescimento profissional. Sinto-me feliz e orgulhosa, porque esse espaço físico estava fechado, abandonado. Então, hoje é dia feliz para mim, que cresci e estudei aqui em São Bento. Que seja muito bem aproveitado pelas pessoas que moram aqui”, enfatizou.

Para Wellington Costa, secretário municipal de Juventude de São Bento, o Farol do Saber será fundamental para a juventude do município, que é carente de políticas públicas. “Nossa juventude é muito carente, precisa muito de políticas públicas. Então, em um local como esse, aberto ao público com grande acervo, os jovens poderão ter acesso aos livros. Agradeço o governador Flávio Dino e o secretário Felipe Camarão por esse presente para toda a população sambentuense”, avaliou

Deixe uma resposta