BOMBA! BOMBA! BOMBA! Presidente da Câmara de Vereadores de Pinheiro, Elizeu de TanTan vai gastar quase R$ 70 mil com papel Higiênico.

A câmara municipal de Pinheiro-MA homologou, em 25 de outubro, uma licitação para a compra de material expediente, higiene/limpeza, gêneros alimentícios, copa, cantina e descartáveis.

Sozinho, a distribuidora santa maria, de propriedade do empresário Antônio José Lisboa, deverá embolsar cerca de R$ 370 mil dos cofres da câmara. A empresa é localizada na cidade Santa Helena.

O parlamento pinheirense é comandado pelo vereador Elizeu de Tantan (PP).

De acordo com a discrição dos itens, R$ 92 mil serão gastos com material de expediente, R$ 166 mil com gêneros alimentícios, R$ 62 com higiene e limpeza, e R$ 49 com copa, cantina e descartáveis.

A homologação da licitação foi publicado nesta segunda-feira (4) no Diário Oficial do Maranhão (DOM).

Veja abaixo:

Sandro Lima é um dos vereadores que aumentou a sua conta de energia elétrica.

A Câmara de Vereadores de Pinheiro aprovou ainda no ano de 2018, durante sessão ordinária, projeto de lei de autoria do Poder Executivo um aumento de até 300% na taxa de iluminação pública e que resultou no aumento da conta de energia da população pinheirense.

O projeto tramitou misteriosamente em completo silencio pela casa, com suspeita de vícios, e nenhum vereador que votou a favor sequer recebeu uma cópia do projeto.

Na Comissão de Constituição e Justiça, segundo apurou o blog Passando a Limpo, não houve publicação de edital convocando para a pauta, pelo menos um vereador da oposição Riba Do Bom Viver (PDT), afirma que não foi notificado da reunião.

Conversamos com políticos do município que denunciaram que infelizmente, na Câmara de Vereadores, presidida pelo vereador Elizeu de Tantan (PP), aliado de primeira hora do prefeito Luciano Genésio (PP), tudo é possível, inclusive votação de vereadores sem saber em que estão votando, além da suspeita de “fabricação” de parecer na Comissão de Constituição e Justiça, tudo para agradar o prefeito.

Ao pedirmos uma cópia do projeto de Lei que foi aprovado um aumento abusivo na conta de energia em Pinheiro, nunca obtivemos resultado satisfatório.

Hoje a população paga por um aumento absurdo, um projeto sem explicação e sem nenhuma transparência pela casa do Povo. Dezenas de pinheirenses insatisfeito e indignado com a situação prometem da o troco nas eleições do próximo ano.

O Blog Passando a Limpo vai fazer uma serie de publicações para que a população não esqueça de nenhum dos vereadores que votaram por esse aumento e contra a população de Pinheiro.

Um dos vereadores que votaram contra a população foi Sandro Lima um vereador que vem da classe educadora e que, agora, depois de eleito, ajuda a prefeitura a massacrar cada professor com esse aumento imoral, assim são as ações desse Vereador que alcançam a sua classe de origem, não podemos esquecer do precatório que ele nunca teve a coragem de defender os seus colegas de profissão, mas isso é assunto para outra matéria.

Os dez vereadores que proporcionaram esse presente a cada um dos pinheirense foram; Sandro Lima (PCdoB), Edinildo (PCdoB), Capadinho (PMDB), Rubemar (PMDB), Lucas do Beiradão (PSDB), João Moraes (PSB), Albininho (PCdoB), Paulinho Enfermeiro (PMN) e Alexandro de Pacas (PP).