Com o provável afastamento de Luciano Genésio, Elizeu de Tantan deverá assumir interinamente prefeitura de Pinheiro

Após o Ministério Público Estadual e a Polícia Federal receberem denúncias contra o prefeito Luciano Genésio (PP), a Câmara Municipal, após o recesso, irá instaurar uma Comissão Especial de Inquérito (CEI), para investigar o processo e poderá afastá-lo do cargo, se comprovado a ilicitude dos atos.

A população pinheirense exige do poder público, uma solução concreta, no caso das denúncias de fraudes por parte da gestão de Luciano, nos últimos tempos. A reclamação é de forma massiça, sobre o desgoverno da cidade, com serviços públicos precários e alto índice de criminalidade.

Mas o caso tornou-se insustentável, com a denúncia de contração sem licitação, pelo período de um ano, no valor de R$33 milhões, para a empresa ADM Médica, na área da saúde em Pinheiro, sendo investigada pelo Grupo de Atuação e Repressão ao Crime Organizado no Maranhão (Gaeco), também em outras cidades, como Codó e Coroatá.

No caso de cassação de seu mandato, e compravado também o envolvimento do vice-prefeito Prof. Stelio (PSDB), o vereador e presidente da Câmara Municipal, Elizeu de Tantan (PP) assumirá a Prefeitura de Pinheiro, pela linha sucessória, de forma interina.

Em Pinheiro, o prédio do Conselho Tutelar está fechado por falta de pagamento do aluguel

O Conselho Tutelar do bairro da Matriz, em Pinheiro, não abriu as portas nesta quinta-feira(18) e seguirá fechado enquanto o problema da falta de pagamento do aluguel não for resolvido.

Conversamos com a proprietária do prédio, que veio de Paço do lumiar-MA, só para resolver essa questão.

Ela conta ainda, que inúmeras tentativas de negociação foram realizadas com a secretária de Desenvolvimento Social, Selma da Colonia, o prédio não abrirá porque são SETE(07) meses de aluguel atrasados e nenhuma previsão de pagamento.

Conselheiros no inicio da manhã de hoje, foram surpreendidos ao chegar no local, dois cadeados colocados no portão impediram a entrada dos mesmos. Uma triste realidade vivenciada pelos funcionários e a população de Pinheiro em geral.

Dez vereadores e um Prefeito destruindo a cidade de Pinheiro com o aumento imoral da Taxa de Iluminação Pública.

Desde que foi aprovado na câmara municipal de Pinheiro, o projeto encaminhado pelo prefeito Luciano Genésio, que passou a aumentar a taxa de iluminação pública dos Pinheirenses, em alguns casos chegando a 300% de aumento, a população vem reclamando constantemente desse absurdo.

Vereadores que aumentaram a taxa de iluminação pública de Pinheiro

Vereadores que aumentaram a taxa de iluminação pública de Pinheiro

O aumento tá fazendo com que as pessoas deixem de comer, para pagar conta de energia. Uma cidadã usou as redes sociais para fazer um desabafo, relatando a maldade que a câmara de vereadores fez com os Pinheirenses.

Veja na íntegra a postagem:

Agora o povo tem que morrer de trabalhar pra pagar conta de energia, são tantas taxas que a gente paga e pior mesmo essa iluminação pública. Está um absurdo se prestar bem atenção, seu consumo de energia até é razoável, agora eles cobram um valor infernal de taxa isso é um absurdo com o povo, você faz o possível pra economizar energia mas não adianta.
Pior que somos nós das classes menores que sofremos, porque você não sabe se come ou paga energia, se não pagar eles não estão nem aí, cortam é mesmo, do jeito que a situação está falta de emprego geral aqui em Pinheiro mesmo nem se fala, a situação de muitas pessoas desempregadas.
Aí a CEMAR ainda ajuda mas atirar nossos couros é lamentável, se não bastassem também o gás de cozinha que está um absurdo, até quando vamos ficar nessas situação, cadê os nossos representantes que não fazem nada.
Há já entendi, eles não estão nem aí pra o povo todo mês recebem seus valores certinhos, seus cartão de alimentação, enquanto nós que colocamos eles lá para cuidar dos nossos direitos nos lascamo.
Ai o pai de família pelo visto, se quiser botar comida na mesa de sua família vai ter que retroceder sua vida, voltar a usar lamparina e usar carvão, porque desse jeito esta difícil.

Esse aumento imoral e desumano vem promovendo um desastre na cidade, comércios fechando as portas, desemprego aumentando, pinheirenses passando fome e outros voltando ao tempo, quando água era no pote e luz a lamparina. Um preço alto que a população está pagando por acreditar que a esperança venceria o medo.

Prefeito de Pinheiro, Luciano Genésio coloca a culpa das ruas esburacadas em “São Pedro”.

O prefeito de Pinheiro, Luciano Genésio (PP), “culpou” São Pedro nesta terça-feira (16), pelos buracos espalhados pela cidade.

Usando o aplicativo INSTAGRAM, Luciano Genésio disse “Difícil São Pedro, Nossas estradas vicinais clamam pelo seu apoio”.

O que Luciano Genésio não sabe que chuva não tem nada haver com São Pedro. Ou seja, ao atingir altitudes elevadas ou encontrar massas de ar frias, o vapor de água condensa, transformando-se novamente em água. Como é pesada e não consegue sustentar-se no ar, a água acaba caindo em forma de chuva.

Na verdade desde o inicio do seu mandato, nunca caiu um 1Km de asfalto da prefeitura municipal de pinheiro, o pouco asfalto colocado veio através do governo estadual ou por emendas parlamentares. Já na zona rural, paliativos que custaram milhões e não resolveram nada é o caso da estrada da região do Gama.

Acostumado colocar a culpa em ex gestores pela péssima administração. Desta vez o prefeito de Pinheiro resolveu culpar São Pedro. Vamos rezar, quem sabe o Santo Inácio de Loiola, padroeiro de Pinheiro, interceda por todos nós.

Seria cômico, se não fosse trágico.

ABSURDO! Duas ambulâncias a mais de 10 dias paradas em Pinheiro-MA

Nesta terça-feira (16), mais um descaso por parte da prefeitura municipal de Pinheiro viralizou nas redes sociais. Desta vez um vídeo de duas ambulâncias paradas, de acordo com a narrativa do autor da denuncia, elas estão a mais de 10 dias nessa situação.

É de conhecimento de todos os pinheirenses que a saúde do município entrou na UTI, desde o inicio da atual administração do prefeito Luciano Genésio.

Diante desse caos administrativo, a população fica ainda mais indignada com a falta de comprometimento com o dinheiro público. O que deveria ser um beneficio para sociedade, vira um desrespeito.

Prefeitura Municipal de Pinheiro, construindo uma nova historia.

Bomba – Câmara Municipal de Pinheiro deverá acatar denúncia de desvio de recursos da saúde, e pedir o afastamento do prefeito Luciano Genésio

O blog Passando a Limpo, denunciou a poucos dias um possível esquema de desvio de recursos, na areá da saúde do município de Pinheiro.

Ao todo 33 milhões de reais podem terem sido desviados, através de uma empresa que presta serviços médicos no município.

Fontes informaram ao blog, que assim que os vereadores voltarem do recesso, essa denúncia será acatada por eles, e os mesmos podem pedir o afastamento do prefeito Luciano Genésio.

Reveja a matéria que mostra documentos, e contratos com a empresa ADM médica.

O prefeito Luciano Genésio terá que prestar esclarecimentos a Polícia Federal e ao Ministério Público do Maranhão por conta da contratação de uma empresa que presta serviços médicos ao município de Pinheiro. A atual gestão contratou por um ano pelo valor de R$33 milhões, a empresa ADM Médica, que também já é investigada por contratos semelhantes nas cidades de Codó e Coroatá.

Acontece que o contrato celebrado entre a Prefeitura de Pinheiro e ADM Médica ocorreu com dispensa de licitação, o que traz muitas suspeitas. Em consulta ao Tribunal de Contas do Estado do Maranhão, a empresa mantém um padrão de contrato a várias prefeituras para “fugir” das licitações.

O mesmo contrato celebrado por dois anos na cidade de Coroatá, foi assinado na cidade de Pinheiro, ou seja, não houve nenhuma modificação em clausula alguma do contrato, o que eleva a suspeita.

A ADM Médica prestará serviços básicos de saúde como atendimento médico e ambulatorial no período de 12 meses na rede municipal.

Diante dessa situação, uma Notícia Fato foi apresentada ao Grupo de Atuação e Repressão ao Crime Organizado no Maranhão (Gaeco), órgão do Ministério Público e também a Superintendência da Polícia Federal do Maranhão.

A ADM Médica é de propriedade do casal Victor Hugo Pinho da Silva Pereira e Samira Raquel Martins da Silva, ambos mantém parentesco com a esposa do médico Josué Pinho da Silva Júnior, conhecido como Dr Júnior, o qual foi candidato a prefeito em Peritoró em 2016 e apoiou a candidatura de deputada estadual de Dra Thaiza Hortegal, ex-esposa do prefeito Luciano Genésio.

Chama atenção ainda que no corpo técnico da ADM Médica está o próprio Dr Júnior, que é escalado para trabalhar pela empresa, assim como também o médico Dr Kaio Aguiar Hortegal, irmão da deputada Dra Thaiza Hortegal e naturalmente cunhado do prefeito Luciano Genésio até a presentada data da celebração do contrato que ocorreu em 2017.

https://kelsonvinicius.com.br/arquivos/DENUNCIA-POLICIA-FEDERAL-LUCIANO%20GENESIO-E-ADM-MEDICA.pdf

https://kelsonvinicius.com.br/arquivos/DENuNCIA-GAECO-LUCIANO%20GENESIO-E-ADM%20MEDICA.pdf

 

Parentes de pacientes denunciam péssimas condições do Hospital Antenor Abreu em Pinheiro-MA.

O Editor chefe do Blog Passando a Limpo, Kelson Vinicius recebeu nesta sexta-feira(12), uma denuncia gravíssima, às condições do Hospital Regional Antenor Abreu, vários pacientes começaram à enviar fotos do estado de total abandono do principal Hospital Municipal de Pinheiro.

De acordo com os pacientes, a falta é dada desde os materiais de limpeza até os materiais de curativo que são básicos para o tratamento das pessoas que estão internadas. Cadeiras quebradas, roupas sujas do hospital amontoadas perto dos leitos, aparelhos sujos, matérias de curativos ao lado de garrafas de café e janelas improvisadas são problemas comuns na unidade.

O Hospital Municipal Dr. Antenor Abreu é de urgência e emergência e atende pacientes de, pelo menos, 17 cidades circunvizinhas. No hospital até hoje atendimentos como um simples raio-x não é realizado pela unidade.

Lembrando que a saúde pública de Pinheiro, vem respirando na UTI, desde o inicio do governo Luciano Genésio. Além do descaso total, logo no começo do mês de fevereiro, de 2018, um recém-nascido deixou de ser atendido no Hospital Municipal Materno Infantil e veio a óbito. O médico teria se negado a prestar socorro à criança, mesmo em estado grave, por ser de outro município. O bebê não resistiu e morreu no local. O médico Paulo Roberto Penha Costa foi preso e autuado por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. O médico foi solto por habeas corpus. Tanto ele, quanto a direção do hospital foram afastados na época.

“A saúde é direito de todos, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para a promoção, proteção e recuperação”. Direito esse desconhecido pelo Prefeito de Pinheiro Luciano Genésio.

Com a palavra o Ministério Publico ?

Exclusivo! Veja na integra a denuncia recebida pela Polícia Federal e o GAECO contra o prefeito de Pinheiro Luciano Genésio

O prefeito Luciano Genésio terá que prestar esclarecimentos a Polícia Federal e ao Ministério Público do Maranhão por conta da contratação de uma empresa que presta serviços médicos ao município de Pinheiro. A atual gestão contratou por um ano pelo valor de R$33 milhões, a empresa ADM Médica, que também já é investigada por contratos semelhantes nas cidades de Codó e Coroatá.

Acontece que o contrato celebrado entre a Prefeitura de Pinheiro e ADM Médica ocorreu com dispensa de licitação, o que traz muitas suspeitas. Em consulta ao Tribunal de Contas do Estado do Maranhão, a empresa mantém um padrão de contrato a várias prefeituras para “fugir” das licitações.

O mesmo contrato celebrado por dois anos na cidade de Coroatá, foi assinado na cidade de Pinheiro, ou seja, não houve nenhuma modificação em clausula alguma do contrato, o que eleva a suspeita.

A ADM Médica prestará serviços básicos de saúde como atendimento médico e ambulatorial no período de 12 meses na rede municipal.

Diante dessa situação, uma Notícia Fato foi apresentada ao Grupo de Atuação e Repressão ao Crime Organizado no Maranhão (Gaeco), órgão do Ministério Público e também a Superintendência da Polícia Federal do Maranhão.

A ADM Médica é de propriedade do casal Victor Hugo Pinho da Silva Pereira e Samira Raquel Martins da Silva, ambos mantém parentesco com a esposa do médico Josué Pinho da Silva Júnior, conhecido como Dr Júnior, o qual foi candidato a prefeito em Peritoró em 2016 e apoiou a candidatura de deputada estadual de Dra Thaiza Hortegal, ex-esposa do prefeito Luciano Genésio.

Chama atenção ainda que no corpo técnico da ADM Médica está o próprio Dr Júnior, que é escalado para trabalhar pela empresa, assim como também o médico Dr Kaio Aguiar Hortegal, irmão da deputada Dra Thaiza Hortegal e naturalmente cunhado do prefeito Luciano Genésio até a presentada data da celebração do contrato que ocorreu em 2017.

https://kelsonvinicius.com.br/arquivos/DENUNCIA-POLICIA-FEDERAL-LUCIANO%20GENESIO-E-ADM-MEDICA.pdf

https://kelsonvinicius.com.br/arquivos/DENuNCIA-GAECO-LUCIANO%20GENESIO-E-ADM%20MEDICA.pdf

Gestão Luciano Genésio é denunciada na PF e MP por contrato de R$33 milhões na saúde do município de Pinheiro-MA.

O prefeito Luciano Genésio terá que prestar esclarecimentos a Polícia Federal e ao Ministério Público do Maranhão por conta da contratação de uma empresa que presta serviços médicos ao município de Pinheiro. A atual gestão contratou por um ano pelo valor de R$33 milhões, a empresa ADM Médica, que também já é investigada por contratos semelhantes nas cidades de Codó e Coroatá.

Acontece que o contrato celebrado entre a Prefeitura de Pinheiro e ADM Médica ocorreu com dispensa de licitação, o que traz suspeitas, segundo a denúncia. Em consulta ao Tribunal de Contas do Estado do Maranhão, a empresa mantém um padrão de contrato a várias prefeituras para “fugir” das licitações, de acordo a denúncia.

O mesmo contrato celebrado por dois anos na cidade de Coroatá, foi assinado na cidade de Pinheiro, ou seja, não houve nenhuma modificação em clausula alguma do contrato, o que eleva a suspeita.

A ADM Médica prestará serviços básicos de saúde como atendimento médico e ambulatorial no período de 12 meses na rede municipal de Pinheiro.

Diante dessa situação, uma Notícia Fato foi apresentada ao Grupo de Atuação e Repressão ao Crime Organizado no Maranhão (Gaeco), órgão do Ministério Público e também a Superintendência da Polícia Federal do Maranhão.

Um verdadeiro cemitério de veículos públicos por falta de manutenção em Pinheiro-MA

A propaganda enganosa sempre foi a marca do governo Luciano Genésio desde seu início. Todos os setores foram mostrados como se a população iria ser beneficiada, mas tudo não passou de pura enganação.

Falando especificamente da frota de veículos, iremos mostrar para você que ao longo de 03 anos, o atual governo apenas vendeu ilusão aos pinheirenses.

CAMINHÕES COMPACTADORES

Quem não lembra da frota de caminhões compactadores de lixo que foram recebidos até com foguetes desfilando pelas ruas da cidade e depois o que se via era isso.

AMBULÂNCIAS ABANDONADAS

Ambulâncias que foram mostradas exaustivamente pelos canais oficiais que iriam servir ao povo e depois sumiram. Fomos atrás e achamos duas na zona rural. Uma aqui nesta oficina da cidade pronta mais segura por falta de pagamento e esta outra lá na capital que há mais de um ano está esquecida e com um débito gigantesco. Pra esta aqui, já teve até parabéns com bolo e tudo. Encontramos mais cinco nesta situação deplorável de abandono e sem serventia para nosso povo e agora?

ÔNIBUS ESCOLARES

Outra frota é a dos ônibus escolares, no governo Genésio eles facilmente eles eram encontrados pelas ruas sem combustível… outro causou um enorme acidente nesta estrada porque também sem combustível parou no meio da pista e não sinalizaram como deveria o local.

Ao longo deste período, outros pararam de rodar e começaram a se amontoar no pátio da secretaria de infraestrutura, uma cena aberrante e imoral, pois os alunos foram os mais prejudicados.

NO CENTRO DA CIDADE

Hoje o prefeito mostra mais uma vez novos veículos pelas ruas da cidade, mas será que em pouco tempo eles não estarão abandonados como mais este outro aqui, bem no centro da cidade.


Assista a reportagem completa.