Em Santa Helena, Othelino Neto visita Hospital Municipal e entrega cestas básicas e equipagens esportiva

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto (PCdoB), cumpriu agenda, nesta quinta-feira (20), na cidade de Santa Helena, na Baixada Maranhense, com visita ao Hospital Municipal e entrega de cestas básicas e kits esportivos, adquiridos  por meio de emenda parlamentar.

Acompanhado do prefeito Zezildo Almeida, do vice-prefeito Joãozinho Pavão e comitiva de vereadores e secretários, Othelino visitou o Hospital Municipal, contemplado com mais de 150 equipamentos exclusivos para o fortalecimento da assistência neonatal. “É muito bom ver a Prefeitura recebendo esses equipamentos importantes para a saúde dos recém-nascidos e suas mães. Ou seja, são equipamentos que irão salvar vidas, que é o objetivo principal de toda política pública, principalmente dos órgãos de saúde. Parabéns ao prefeito Zezildo e toda sua equipe pelo trabalho em prol dos helensenses, ainda mais nesses tempos de pandemia”, destacou.

O prefeito Zezildo agradeceu a parceria da Assembleia Legislativa. “Agradecemos ao presidente Othelino, que veio prestigiar o município, que também está sempre contribuindo para o desenvolvimento de Santa Helena, principalmente, neste momento de dificuldade por conta da pandemia. Juntos, procuramos sempre trazer o melhor para nossa cidade”, ressaltou.

Entre os equipamentos que beneficiarão diretamente as gestantes, recém-nascidos e puérperas, foram disponibilizadas incubadoras, respiradores e monitores cardíacos para compor a estrutura dos berçários e de transporte para as crianças que necessitarem de transferência.

“Estamos fazendo mais um marco histórico nessa unidade. Mais uma vez, Santa Helena é o primeiro do Maranhão a receber esses equipamentos, graças à  articulação do prefeito com o presidente Othelino e o governador. Este é só o primeiro passo”, disse o secretário municipal de Saúde, Fábio Silva Nascimento.

Diney Justino – Agência Assembleia

Presidente da Assembleia durante visita ao Hospital Municipal de Santa Helena,  ao lado do prefeito, Zezildo Almeida, e do vice, Joãozinho Pavão

Presidente da Assembleia durante visita ao Hospital Municipal de Santa Helena, ao lado do prefeito, Zezildo Almeida, e do vice, Joãozinho Pavão

Emendas

Em seguida, Othelino Neto entregou 500 cestas básicas às famílias carentes do município,  oriundas de emenda parlamentar, destinadas às famílias carentes, que somam-se a outras 1.600, adquiridas por meio do Programa Comida na Mesa, do Governo do Maranhão.

“Santa Helena é o primeiro município contemplado com as nossas cestas básicas. Estas cestas foram indicadas pelo prefeito Zezildo que, prontamente, fizemos questão de atender. É assim, trabalhando pelo município, que agradecemos a expressiva votação que tivemos nas últimas eleições”, explicou o chefe do Legislativo.

Othelino finalizou com a entrega de equipagens esportivas aos times de futebol amador da cidade, também fruto de emenda parlamentar. “É a nossa forma de incentivar a prática de esportes”, concluiu.

Ponte cai e deixa famílias isoladas na zona rural de Santa Helena – MA

Uma ponte de madeira com cerca de 10 metros de comprimento em uma estrada vicinal que liga a comunidade de Aranha ao centro de Santa Helena, caiu na tarde desta terça-feira (11) deixando dezenas de famílias isoladas.

A ponte chegou a receber um paliativo por parte da Prefeitura Municipal, mas o que parece, o serviço deixou muito a desejar.

Santa Helena, na administração do prefeito, Zezildo Almeida, recebeu milhões através de emendas parlamentares. O problema que ninguém sabe aonde foi parar todo esses recursos.

Moradores da região afirmam que a ponte, há pelo menos 5 anos, sem estrutura nenhuma. Segundo ainda os moradores, a situação era uma tragédia anunciada, queremos saber agora, como vamos fazer para ir até Santa Helena resolver nossas coisas.

Em meio a estado de calamidade pública, Prefeito Zezildo Almeida aumenta o próprio salário em Santa Helena

Enquanto os trabalhadores do município sofrem com a crise financeira, o comercio está estagnado e muitos cidadãos helenenses são privados até da alimentação, o prefeito Zezildo Almeida (PTB), ignorou a crise financeira e sanitária e sancionou no dia 01 de dezembro de 2020, após ter sido reeleito, a lei N- 292/2020 que aumentou o próprio salário em 75%, e também o salário do vice-prefeito e dos secretários municipais. O aumento começou a valer a partir da data da publicação no diário oficial do município, 01 de janeiro de 2021, o salário do prefeito Zezildo passou de R$ 12.000,00 para R$ 21.000,00, o do vice-prefeito de R$ 6.000,00 para R$ 12.000,00.

O projeto de lei n 292/2020 que estabeleceu o aumento foi aprovado no ano passado de 2020, na Câmara Municipal, o valor do aumento salarial somente do prefeito custará aos cofres da prefeitura de Santa Helena R$ 108.000,00 por ano, e em um ano o prefeito Zezildo Almeida receberá de salário R$ 252.000,00

A remuneração do prefeito de Santa Helena, chega a ser maior do que os salários de outros prefeitos de várias capitais do pais, como Belém onde o chefe do executivo municipal ganha R$ 18.038,11, e Manaus onde o prefeito recebe R$ 18.000,00.

Com esse valor R$ 21.000,00 que recebe o prefeito Zezildo, daria para pagar 19 trabalhadores mensalmente, que ganham um salário mínimo cada.

Além do salário do prefeito, a lei estabeleceu novos salários para os secretários municipais, no valor de R$ 5.000,00. O prefeito Zezildo ignorou até mesmo a Lei Complementar 173/2020 sancionada no ano passado pelo Presidente da República e confirmada pelo plenário do Supremo Tribunal Federal (STF), que proíbe o reajuste no salário de servidores federais, estaduais e municipais até 31 de dezembro de 2021.

Diante do caso de falta de bom senso por parte do gestor municipal, cabe ao Ministério Público a fiscalização do aumento de acordo com o que diz a Lei Complementar 173/2020.

 

Por Daniel Santos

Aprovado reconhecimento do estado de calamidade pública em Santa Helena, Apicum-Açu, Palmeirândia e Cedral

O Plenário da Assembleia Legislativa do Maranhão aprovou, na sessão remota desta terça-feira (13), cinco novos projetos decretando estado de calamidade pública nos municípios de Colinas, Vargem Grande, Palmeirândia, Cedral, Santa Helena e Apicum-Açu.

Os decretos legislativos são de iniciativa das Prefeituras dos cinco municípios, por conta da pandemia de Covid-19, com validade até o final do ano.

Seis outros pedidos desta natureza, feitos pelas Prefeituras de Afonso Cunha, Balsas, Lago da Pedra, Pinheiro, São Domingos do Maranhão e Cândido Mendes (9), já foram aprovados pela Assembleia, em sessão da semana passada.

O Plenário também já aprovou projeto de decreto legislativo que estabeleceu estado de calamidade pública no Estado do Maranhão até o final do ano, por conta também da pandemia de Covid-19.

Polícia Civil e PRF prendem, em Santa Helena, suspeito em posse de veículo roubado

Em ação integrada, a Polícia Civil do Maranhão prendeu, na manhã de terça-feira (30), na cidade de Santa Helena/MA, dois indivíduos em posse de um veículo Saveiro de origem roubada. Ação do Departamento de Combate ao Roubo a Instituições Financeiras (DCRIF/SEIC), em cooperação com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) nos estados de Goiás e do Maranhão.

A operação se deu a partir da crescente interação entre os órgãos de segurança pública quando a troca de informações permitiu localizar e prender os dois indivíduos, com extensa ficha criminal, por crimes como Roubos Qualificados a instituições bancárias, transporte de cargas, Homicídios, dentre outros.

A autuação dos foi realizada pela equipe da Polícia Civil da cidade de Santa Helena, pelo crime de Receptação e os autuados foram encaminhados à Unidade Prisional de Ressocialização (UPR) de Pinheiro/MA, onde ficarão à disposição da Justiça.

Polícias Civil e Militar cumprem mandado de prisão preventiva no município de Santa Helena – MA

Na manhã de hoje, quarta-feira (17/03/21) o nacional W.C.N se encontrava nas proximidades da Praça da Bandeira, no município de Santa Helena, quando foi reconhecido por investigador da Polícia Civil, que deu a ele voz de prisão e solicitou apoio da Polícia Militar na captura e deslocamento dele até esta delegacia.

O preso é suspeito da prática de roubo de motocicleta, o que acarretou em decretação de prisão preventiva expedida pelo Poder Judiciário da Comarca de Santa Helena.

O indivíduo foi encaminhado para esta delegacia para a realização dos procedimentos cabíveis.

Ministério Público e Vigilância Sanitária realizam operação em Santa Helena e Turilândia – MA

O Ministério Público do Maranhão, por meio da Promotoria de Justiça de Santa Helena, realizou uma ação conjunta com as Vigilâncias Sanitárias dos municípios de Santa Helena e Turilândia (termo judiciário da comarca), na última sexta-feira, 12.

Durante as ações, foram feitas blitz em bares, lojas de conveniência, restaurantes e similares,
com finalidade prioritariamente educativa e pedagógica, além do controle quanto à capacidade máxima de ocupação, limitação do número de clientes por mesa e distanciamento mínimo entre elas. Também foi verificado o respeito aos horários de funcionamento, vedação do uso de equipamentos sonoros e fiscalizada oferta de itens de higienização para consumidores e funcionários.

Para o promotor de justiça Hagamenon de Jesus Azevedo, é necessário que haja a integral observação dos protocolos editados pelas autoridades sanitárias e da determinação judicial que instituiu uma série de medidas a serem observadas no período de carnaval, evitando aglomerações que poderiam disseminar a Covid-19.

No sábado e domingo as fiscalizações continuaram sendo realizadas pelas vigilâncias sanitárias e Polícia Militar, que prosseguirão com as ações durante a semana junto a todo o comércio dos dois municípios.

Redação: CCOM-MPMA

Em Santa Helena, Polícia Civil deflagra operação saturação contra o tráfico de drogas e efetua 04 prisões em flagrante

A Polícia Civil do Maranhão, deflagrou, hoje (11), a OPERAÇÃO SATURAÇÃO com objetivo de reprimir o tráfico de drogas em Santa Helena, onde cumpriu nove Mandados de Busca e Apreensão.

Foram conduzidas seis pessoas, dentre elas, quatro foram presas em flagrante pelos crimes de Tráfico de Drogas, Posse Ilegal de Arma de Fogo e Crime Ambiental consistente em manter animal silvestre em cativeiro.

A Operação foi coordenada pela Delegacia de Polícia Civil de Santa Helena/MA e contou com todos os distritos que integram a 5ª Regional de Pinheiro, assim como teve o reforço de equipes das Delegacias Regionais de Polícia Civil Cururupu e Zé Doca.

Na ação, foram apreendidos R$ 2.625,50 em dinheiro; três armas de fogo (um revólver e duas espingardas de fabricação caseira); vinte munições calibre .38; nove porções de crack; uma porção de cocaína; 51 porções de maconha; nove aparelhos celulares e quatro pássaros silvestres mantidos irregularmente em cativeiro.

O nome dado à operação – “SATURAÇÃO” – refere-se à política de segurança pública empregada na região da baixada maranhense, definida pela atuação integrada e concentrada de todos os distritos policiais que integram a 5ª Regional de Pinheiro, bem como dos distritos policiais das Regionais circunvizinhas (Cururupu e Zé Doca), em uma única cidade.

 

ASCOM PCMA

Santa Helena – Othelino acompanha obras do Mais Asfalto executadas com emendas de sua autoria

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), acompanhou, nesta segunda-feira (2), obras de pavimentação asfáltica no município de Santa Helena, executadas com emendas de sua autoria e também com recursos do Governo do Estado, por meio do programa ‘Mais Asfalto’.

Na visita ao município, o parlamentar foi recepcionado por parte do secretariado da cidade, que o acompanhou nas vistorias. Ele conferiu as obras já concluídas da estrada do bairro da Caema, da Barragem da Morada Nova, na Travessa João Jorge Pavão, Damásio Pavão, Senador Alexandre Costa e nas ruas 41 e 42.

Othelino afirmou que a destinação das emendas é uma forma de retribuir o carinho da população de Santa Helena. “A melhor forma de agradecer é trabalhando. Tenho a alegria de ver esses serviços sendo executados. Cumprimento e agradeço ao governador Flávio Dino por ter essa atenção com o município de Santa Helena, concretizando essa parceria muito produtiva para o município”, assinalou.

O chefe do Legislativo maranhense também esteve no povoado Queimadas, na Rua Claudionor Araújo, que também vai receber obras de recapeamento asfáltico, assim como a Rua Antônio Weba, duas importantes vias da localidade.

“Com esses serviços, contemplamos não só a sede da cidade, mas, também, o povoado Queimadas, que merece essa atenção por parte do Governo do Estado e da Prefeitura de Santa Helena”, completou.

Parceria

O secretário de Infraestrutura de Santa Helena, Juarez Menezes, disse que o deputado Othelino Neto é um parceiro do município, sempre destinando emendas em benefício dos helenenses. “Sabemos que podemos contar com o deputado Othelino, que sempre volta o olhar para as necessidades de Santa Helena. Uma parceria que só tem a beneficiar a nossa população”, afirmou.

GAECO e Polícia Civil realizam operação de busca e apreensão em São Luís, Governador Nunes Freire, Santa Helena, Turilândia e Zé Doca.

O Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (GAECO) realizou, na manhã desta terça-feira, 15, a Operação ” Quarto Feliz”, em parceria com a Polícia Civil, para o cumprimento de mandados de busca e apreensão, expedidos pelo juiz Francisco Ronaldo Maciel Oliveira, titular da 1ª Vara Criminal da Comarca da Ilha, Termo Judiciário de São Luís/MA (Organizações Criminosas), cumpridos nas cidades de São Luís, Governador Nunes Freire, Santa Helena, Turilândia e Zé Doca.

A operação foi deflagrada no Procedimento Investigatório Criminal, instaurado pelo GAECO, para apurar possíveis práticas de crimes de corrupção, organização criminosa, desvio e subtração de dinheiro público, ocorridas no município de Governador Nunes Freire, entre 2013 e 2016, na gestão do ex-prefeito Marcel Everton Dantas da Silva, conhecido como Marcel Curió.

Além do ex-prefeito de Governador Nunes Freire, foram alvos da operação o atual prefeito do município, Josimar Alves de Oliveira; o candidato a prefeito de Turilândia Paulo Dantas Silva Neto, o Paulo Curió, irmão de Marcel; três vereadores e secretários municipais de Governador Nunes Freire, dentre outros investigados.

Durante as buscas em endereços residenciais dos investigados e em uma das empresas – em um total de 29 – foram apreendidos documentos, veículos de luxo, 30 mil reais em cheques, computadores, tablets, celulares e notebooks. Destaca-se que ainda foi apreendido 9 mil reais em espécie na casa do ex-secretário de educação do município de Governador Nunes Freire, João Marinho, além de um cheque nominal no valor de 400 mil reais na casa do atual prefeito  em nome do atual secretário municipal de finanças, Stefano Andrey Brandão Guida, tendo este sido conduzido à delegacia para lavratura de TCO por ter assumido a propriedade de substância entorpecente, encontrada na casa do prefeito, local em que estava no momento da busca. Além disso, na operação duas pessoas foram presas por posse ilegal de arma.

De acordo com informações da Promotoria de Santa Helena, na casa de Ubirauna Cardoso Miranda, proprietário do laboratório CDA na cidade de Turilândia, foram apreendidos 16.800 reais em espécie, cinco aparelhos celulares, dois computadores, um veículo Corola e vários documentos. Já com a proprietária da empresa GRB Nunes e BSN Farmácia LTDA, em Santa Helena, foram apreendidos 13 mil reais em espécie, além de 5 veículos, sendo um Camaro, um jet ski, uma caixa com 24 relógios e joias.

INVESTIGAÇÕES

A investigação apura contratações milionárias, decorrentes de procedimentos licitatórios fraudulentos, firmadas entre a Prefeitura de Governador Nunes Freire e as empresas R.F. de Abreu Pereira EPP (RM DISTRIBUIDORA), G.R.B. NUNES- EPP e L&F COMÉRCIO E SERVIÇOS LTDA.

O suposto esquema era operado a partir do uso das empresas de fachada R.F. ABREU, L&F COMÉRCIO e G.R.B. NUNES, que não possuíam lastro econômico e atividade comercial efetiva para firmar contratos com a Prefeitura, com valores de R$ 22.361,018,36 e R$ 19.945.663,73, conforme apurado nos contratos efetuados com a empresas L&F COMÉRCIO e G. R.B. NUNES.

Além dos Promotores de Justiça que integram o Gaeco, participaram da Operação a promotora de justiça Rita de Cássia Sousa, titular da promotoria de Zé Doca, que atualmente responde pela promotoria de justiça da Comarca de Governador Nunes Freire; e o promotor de justiça Hagamenon de Jesus Azevedo, titular da Comarca de Santa Helena. A Operação envolveu, ainda, 27 equipes da Polícia Civil, compostas por delegados, investigadores e escrivães.