Trio é preso em flagrante pela polícia Civil pelo crime de estelionato em Governador Nunes Freire

Na última quinta-feira (24), a Polícia Civil do Maranhão, conseguiu prender em flagrante três pessoas suspeitas pelo crime de estelionato ao tentarem sacar, na agência do Banco do Brasil de Governador Nunes Freire, um benefício previdenciário de terceiro já falecido, mediante emprego de fraude realizada por meio de documento de identidade falsificado.

Um dos presos que é idoso, e que se identificou com o nome de uma pessoa já falecida, não soube responder os questionamentos simples como, por exemplo, o seu nome completo, nome dos pais, data e local de nascimento. Após consulta ao sistema de identificação, restou comprovada a fraude.

Com base no extrato do benefício previdenciário e imagens das câmeras de vigilância fornecidas pelo banco, também ficou constatado que os autores do crime já vinham realizando saques do referido benefício há cerca de quatro meses. Em poder de um dos autores do crime, foi encontrado dezenas do documentos de identidade falsificados, cartões bancários e anotações de senhas dos benefícios.

Os autores responderão judicialmente pelos crime de estelionato previdenciário, praticado em desfavor do INSS, em concurso com o delito de falsificação de documento público.

Deixe uma resposta